in

Maria do Rosário pode ter duro castigo após ser flagrada agredindo deputado

Roni Rigon / Agencia RBS
Anúncios

Uma filmagem feita por deputados do Partido Social Liberal (PSL) acabou mostrando que a deputada federal, Maria do Rosário, do Partido dos Trabalhadores (PT), empurrou o deputado Julian Lemos; e logo após o acusou de ter feito uma agressão.

Após a filmagem viralizar nas redes sociais, Lemos revelou que não ficará barata a atitude de Maria do Rosário e a castigará com um processo no Conselho de Ética, pois ele afirma que a atitude da petista representa quebra do decoro parlamentar.

Anúncios

Antes de empurrar Julian, a deputada ainda esbarrando em vários deputados, que a chamam de ‘louca’, em seguida. A confusão generalizada ocorreu por conta da passagem do ministro da Educação, Abraham Weintraub, na Câmara dos Deputados, com intuito de explicar o contingenciamento de gastos na área.

Eu vou entrar no Conselho de Ética contra ela, porque se fosse o contrário eu já estava lá há muito tempo, e depois do que ela fez com o presidente Bolsonaro“, afirmou Julian Lemos, lembrando do episódio que aconteceu entre a deputada e o atual presidente da República.

Anúncios

Enquanto deputado, Bolsonaro ficou muito famoso por conta de uma discussão que viralizou nas redes sociais. Em 2003, quando falavam do ‘caso Champinha’, Maria ouviu que não seria estuprada porque não merecia; e resolveu processar Bolsonaro no Conselho de Ética.

Anúncios

O atual presidente se defende, dizendo que antes desta fala foi chamado de estuprador pela deputada federal. Maria conseguiu se reeleger nas eleições de 2018, quando Bolsonaro se tornou presidente.

Anúncios

Leia Também

Escrito por Bruno Avila

Escritor de futebol e política desde 2016, quando comecei o trabalho na Blasting News. Hoje migrei ao 1News e sou um dos escritores mais lidos do site.

Lais Souza vai se casar com namorada e revela detalhes da intimidade do casal

Corinthians contrata zagueiro que era do Santa Cruz