in

Grupo terrorista brasileiro ameaça matar Bolsonaro e ministros; PF começa caçada

Veja

Atualmente, o mundo teme atos terroristas, em todos os países, atos covardes praticados por fundamentalistas acabam vitimando milhões de pessoas, seja por intolerância religiosa ou por intolerância política.. E esse temor, agora parece ter se tornado real aqui no nosso território, isso é o que afirma a revista Veja, em uma matéria publicada nesta sexta-feira (17).

As informações fornecidas nesta matéria foram dadas pela divisão antiterrorismo da Polícia Federal que está tentando descobrir a identidade dos integrantes de um grupo classificado pelas investigações como extremista.

Segundo a PF, o principal objetivo do grupo, é concluir o que Adélio Bispo não conseguiu fazer no atentado ocorrido em Juiz de Fora, no ano passado, matar o presidente da república, Jair Messias Bolsonaro.

O movimento que se autointitula“ecoterrorista” e “anticristão”, teria outros alvos, os ministros de Bolsonaro, o alvo principal do momento, seria o Ricardo Salles, comandante da pasta do Meio Ambiente.

Nomeado como “Sociedade Secreta Silvestre”, o grupo terrorista posta ameaças em um site e já tentou promover um atentado na posse de Jair Bolsonaro realizada no início do ano, no entanto, a tentativa foi frustrada pela Polícia Federal que conseguiu desarmar uma bomba que teria sido colocada em uma igreja que ficava situada a apenas 50 quilômetros do Palácio do Planalto, em Brasília.

Recentemente, o grupo também assumiu a incineração de dois carros que estavam estacionados em frente a uma das sedes do Ibama, em Brasília, no local, também foram encontrados fragmentos de bomba caseira, que foram desativadas pela PF.

Leia Também

Escrito por Rodrigo Monteiro

Um dos primeiros redatores da I7 network, já trabalhou em outras plataformas de internet, sempre escrevendo notícias em primeira mão para quem gosta de viver bem informado. Notícias de assuntos políticos e de eventos esportivos são meu carro-chefe.

Imagem de Jesus no céu da Argentina deixa população impressionada e intriga especialistas

‘Quero dar meu menino de 2 anos para adoção’, desabafa pai solteiro