in

Meia do Palmeiras é o principal alvo do Vasco para este ano

Foto: Divulgação / Palmeiras

O Vasco iniciou uma mudança de planos na temporada após a chegada do novo técnico Vanderlei Luxemburgo. Junto a diretoria, o treinador prepara uma reformulação no elenco cruzmaltino para o segundo semestre de 2019.

Atualmente o Gigante da Colina vive um início complicado no Campeonato Brasileiro, fazendo com que a diretoria busque soluções para evitar que o time brigue novamente contra o rebaixamento, como aconteceu na última temporada.

Além de iniciar o Brasileirão com apenas 1 ponto em 4 jogos, o Vasco conta com um elenco recheado de jogadores, que atrapalha qualquer planejamento de se reforçar no restante da temporada. Certo é que alguns atletas vão deixar o Gigante da Colina, pelo menos cinco jogadores estão confirmados que vão sair.

Apesar das saídas confirmadas, o Vasco não pensa apenas em dispensar jogadores. A diretoria já teve uma primeira conversa com o novo treinador Vanderlei Luxemburgo e ouviu do comandante os jogadores que ele que deseja.

Alejandro Guerra, do Palmeiras, é o principal desejo do Vasco para o restante da temporada. O meio-campista venezuelano era cobiçado pelo clube carioca desde o início do ano, porém, com a chegada do técnico Vanderlei Luxemburgo, aumentou ainda mais o desejo pelo meia-atacante. 

O Guerra é o cara que o Vasco está de olho, com o aval do Luxemburgo, para ser o pensador do time. Acredito que seja uma contratação que melhoraria bem esse elenco“, informou o jornalista Leandro Quesada, do Fox Sports.

Vale ressaltar que, atualmente, Alejandro Guerra está sem espaço no Palmeiras. O venezuelano ainda não atuou em nenhuma partida pelo Alviverde em 2019.

Leia Também

Escrito por Bruno Avila

Escritor de futebol e política desde 2016, quando comecei o trabalho na Blasting News. Hoje migrei ao 1News e sou um dos escritores mais lidos do site.

Next post

Clube da Libertadores quer tirar atacante do Corinthians

Youtuber de 12 anos fatura alto com vídeos surpreendentes e compra BMW de R$ 770 mil