in

Jovem descobre que está há 12 anos em lista de desaparecidos e consegue reencontrar a mãe

Divulgação/paisefilhos

Infelizmente, casos de pessoas desaparecidas sem solução existem no mundo inteiro. Alguns intrigam os investigadores, pois muitos somem sem deixar pistas. Esse fato provoca grande desespero na família que, muitas vezes, não consegue ter um desfecho feliz.  

No ano de 2002, um garotinho chamado Julian Hernandez desapareceu sem deixar nenhum rastro. Na época, ele tinha apenas cinco anos. O pai, Bobby Hernandez, falou para a mãe, de quem estava se separando, que levaria o filho para a escola. No entanto, o menino não voltou para sua casa, que ficava no Alabama, Estados Unidos.

Na ocasião, os pais estavam disputando a guarda da criança. Bobby sequestrou o próprio filho e a mulher nunca mais teve notícias do garoto. Após doze anos, um jovem norte-americano de Ohio precisou dos seus documentos para poder se candidatar para vagas nas universidades. Ele percebeu algo estranho, pois alguns dados da documentação não estavam batendo.

Intrigado, o adolescente solicitou auxílio de um funcionário da escola. Foi então que o ele levou o maior susto de sua vida ao descobrir que estava na lista de crianças desaparecidas. Johnny Evans, o empregado da escola, disse em entrevista a um canal local que nunca havia passado por esse tipo de situação.

O estudante ficou sabendo que o seu pai havia lhe dado outro nome e que ele era procurado por sequestro. O FBI foi acionado e comunicou a mãe do jovem sobre o tinha acontecido. A mãe, que nunca parou de procurar o filho, ficou extremamente emocionada por reencontrá-lo.

A família da mãe falou sobre a grande emoção. “Nossa família está em êxtase com a localização do Julian e por saber que ele está bem! Nós queremos agradecer a todos que rezaram por nós e nos ajudaram durante o período em que ele esteve desaparecido”, disseram os familiares, em uma nota divulgada pela mídia.

O pai do jovem foi preso e recebeu a pena de quatro anos de prisão por ter sequestrado o próprio filho.

Leia Também

Escrito por Shyrlene Souza

Redatora na web desde 2016, formada em ciências contábeis, apaixonada pela redação desde criança. Escrevo sobre assuntos diversos, mas principalmente sobre o tema maternidade. "Busco levar a vida seguindo o manual do criador, a Bíblia". Contato através do e-mail: shyrlenepsouza@yahoo.com.br

Next post

Mistério ronda sorteio da Mega-Sena de R$ 289 milhões, e Caixa é acusada de fraude

Mudança histórica no salário mínimo é anunciada por ministro de Bolsonaro