in

Pogba culpa Messi e Cristiano Ronaldo por críticas recebidas

Goal
Publicidade

Paul Pogba viveu uma temporada complicada. Após se tornar campeão do mundo com a França, o meia francês viveu um ano difícil no Manchester United. Com José Mourinho, o craque parecia meio contrariado e não conseguiu encontrar seu nível, que melhorou bastante com a chegada de Ole Gunnar Solskjaer. Ainda assim, foi insuficiente para levar o Manchester para um melhor resultado final e Pogba não se livrou de escutar algumas críticas. 

Boa temporada de Pogba

Apesar de o Manchester United não ter cumprido nenhum de seus objetivos, ou seja, o time não ganhou título nenhum e nem conseguiu se classificar para a Champions League, no ano que vem, o jogador acabou sendo um dos melhores do time, e até da Liga. 

Pogba registrou um novo recorde pessoal em termos de gols nessa temporada, com o alvo sendo encontrado 16 vezes em todas as competições. Números muito bons para um meia, que ainda conseguiu onze assistências para seus companheiros. Porém, muitos questionam sua consistência. 

Publicidade

Jogador fala sobre seus críticos

 Pogba é um vencedor da Copa do Mundo e, ainda assim, ele continua enfrentando questões sobre sua contribuição. O francês acredita que isso se deve aos padrões impossíveis estabelecidos por outros.  Paul Pogba sugeriu que Leo Messi e Cristiano Ronaldo são parcialmente culpados pelas críticas que ele continua escutando. 

Publicidade
Publicidade

Mesmo ele apresentando bons números e fazendo boas exibições, Pogba continuou sendo contestado e sua regularidade foi sempre colocada em causa. O francês, de 26 anos de idade, acredita que sua contribuição teria sido elogiada não muito tempo atrás. O problema seria que Messi e Ronaldo fazem o que mais ninguém consegue, elevando os patamares para um nível inatingível, parecendo que os outros nunca fazem bem o suficiente. 

“O futebol mudou muito. Eu cresci assistindo as façanhas de grandes campeões, lendas reais como [Alessandro] Del Piero, [Luis] Figo, [Francesco] Totti e muitos outros. Todos foram campeões, os melhores do mundo, mas talvez muitos deles não tenham alcançado mais de 20 gols por temporada. Agora os dados, as estatísticas, os números, muitas vezes parecem ter se tornado o único parâmetro de julgamento. 

“Messi e Ronaldo mostraram nos últimos anos: fazendo o que fizeram, mantendo essas estatísticas – eles são a exceção, não a norma”, falou Pogba, em declarações para a revista Icon. 

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade