in

Pedrinho e Gustagol podem ser vendidos pelo Corinthians; confira quais seriam os destinos

opovo
Publicidade

 Romero Matias Ávila, diretor de finanças do Corinthians, revelou que o time precisa finalizar o ano com superávit, para isso precisa bater o objetivo de R$ 54 milhões com venda de atletas.

O diretor afirmou que já falou para Andrés Sanchez que somente foi possível segurar jogadores de qualidade no começo da temporada, porém que agora o objetivo é vender dois, mas provavelmente venderão mais atletas.

Na visão de Ávila, a janela do meio do ano é quando o Corinthians consegue vender melhor seus atletas, pois as janelas de transferências ao redor do mundo se intensificam mais neste período, com o término da temporada e preparação para começo de outra.

Publicidade

Alguns atletas foram sondados, como são os casos de Pedrinho e Gustagol, duas revelações recentes que estão chamando atenção de grandes clubes europeus. Pedrinho é constantemente analisado por clubes da Europa e da China, quase tendo fechado contrato com Borussia Dortmund no fim do ano passado.

Gustagol já foi sondado pelo Watford, da Inglaterra. Estes clubes, no entanto, podem voltar a sondar estes atletas na janela do meio do ano, quando o Timão tem o objetivo de executar vendas.

Até mesmo Léo Santos pode ser vendido. Vale ressaltar que o zagueiro é altamente desejado no continente europeu, porém uma lesão no joelho barrou sua ida para Real Madrid ou Barcelona. Atualmente, o defensor está no Fluminense, em um contrato de empréstimo totalmente gratuito, em que o próprio Alvinegro paga o salário do atleta, pois o objetivo é dar visibilidade para uma futura venda.

Bruno Avila

Escrito por Bruno Avila

Redator de futebol, política e famosos desde 2016. Hoje um dos redatores mais lidos do 1News Brasil. Fique à vontade para falar comigo: brunoavilaprof@outlook.com