in

Comemoração de gol durante confronto com Flamengo, faz Cuca viralizar na web; assista

Reprodução: GE
Publicidade

No último domingo (05), o São Paulo foi a campo contra o Flamengo, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro. O confronto que terminou empatada por 1 a 1, teve um momento inusitado que se tornou viral. A comemoração do técnico do São Paulo, Cuca, ao ver o time empatar a competição.

Publicidade

A imagem repercutiu nas redes sociais com elogios dos diversos torcedores que o Tricolor tem. Até os 37 minutos do segundo tempo, o São Paulo estava perdendo o confronto com o Flamengo, mas Tchê Tchê aproveitou o rebote César, goleiro do time carioca, para empatar a partida.

Publicidade

Foi nesta hora que Cuca, técnico do São Paulo, se atirou no chão para comemorar o gol, o primeiro de Tchê Tchê com a camisa do Tricolor. O craque foi um pedido do treinador pela sua capacidade e polivalência dentro dos gramados. Além de volante, o atleta também pode ser usado como lateral-direito.

No vídeo publicado pelo clube em seu canal oficial, é possível ver a comemoração completa do treinador. A cena que viralizou se dá a partir de 5 minutos e 53 segundos de exibição.

Publicidade

Mancini crítica arbitragem após confronto com Flamengo

Após o empate com o time de Cuca, Wagner Mancini, ex-treinador interino do São Paulo e atual coordenador técnico, falou sobre o confronto. Para ele, o lance contra Pato era caso de expulsão.

 “É lance de expulsão, não tem nem o que dizer. É um lance que o atleta chega um pouquinho atrasado, e por isso ele adianta o cotovelo para que o contato não fosse mais forte. O erro foi a não expulsão do zagueiro”, criticou.

Logo no primeiro tempo, Thuler, zagueiro do Flamengo, acertou Alexandre Pato por trás, fazendo com o que o atacante saísse do campo.

Publicidade

Leia Também

Escrito por Rômulo NC

Ator, youtuber e redator, Rômulo N.C é formado pela casa de artes cênicas Recriarte e sempre atuou como escritor de diversos sites.

Modelo branca fica negra após procedimento estético

Mães ficam revoltadas após crianças de dois anos serem ‘depiladas’ na creche