in

PSG tenta levar mais um intocável de Messi

Mirror
Publicidade

O Paris Saint-Germain tornou em falhar alguns de seus objetivos. Todo o investimento multimilionário ainda não foi suficiente para que Nasser Al-Khelaifi pudesse celebrar o título que ele mais ambiciona: a Champions. Aliás, os franceses ficaram bem longe desse sonho, caindo novamente nas oitavas de final da prova. Nas Copas da França, o time também perdeu, sobrando somente a Liga francesa, que parece pouco perante todo o investimento. 

Publicidade

Projeto do PSG continua fracassando

Todos os anos parece que a equipe adquire uma dimensão maior, mas quando os jogos cruciais chegam, o salto final não acontece. Os milhões de Nasser Al-Khelaifi permitiram criar um ataque temível, com alguns dos melhores jogadores do mundo, mas o projeto poderia ter falhas na construção do elenco.

Publicidade

Muito brilho no ataque, mas resta saber se o time é compacto em todo o campo. O treinador Thomas Tuchel também vem sendo apontado por alguns possíveis erros, quando a diretiva estaria chegando na posição que poderia realmente marcar diferenças.

Para dar mais segurança no time, a diretiva contratou Gianluigi Buffon, uma aposta que poderia não ter sido a melhor. Afinal, o italiano de 41 anos deixou a Juventus, supostamente, por não estar já em seu melhor nível para o gol dos ‘bianconeros’, se transferindo para o gol dos franceses. Uma jogada arriscada do PSG, que estaria levando em conta mais o prestígio de um craque como Buffon, do que propriamente seu nível atual. 

Publicidade

Novo objetivo está no Barcelona

Por isso, o PSG poderia ter percebido que precisava mudar sua estratégia de contratações e, dessa vez, o time estaria tentando realmente um dos melhores goleiros do mundo. Marc-André ter Stegen está fazendo mais uma temporada sensacional, salvando muitas vezes seu time.

O alemão é um goleiro que garante muitos pontos para seu time, quando pouco mais parece correr bem e, depois de Messi, ele é considerado pelos torcedores o jogador mais importante do elenco. O PSG teria reservado 100 milhões de euros para o alemão, embora pareça difícil para os catalães deixá-lo ir embora, ele que é um intocável para Leo Messi. 

Depois de terem levado Neymar, contra a vontade do Barça e de Messi, o PSG poderia fazer nova investida por uma astro ‘culé’, uma situação que estaria preocupando. 

Publicidade

Leia Também

Fátima Bernardes e Túlio estão noivos? Apresentadora é flagrada com aliança na mão direita

Juventus de Cristiano Ronaldo tem 17 reforços em agenda