in

Lula é acusado de ter favorecido marido de suposta amante

Le Monde / O Antagonista
Publicidade

O ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, está preso pelo caso do tríplex no Guarujá, Litoral de São Paulo. A condenação foi reajustada recentemente, mas outras investigações envolvem o petista.

Em uma delação premiada, Léo Pinheiro, ex-presidente da OAS, citou o ex-presidente Lula em um esquema com João Vasconcelos, marido de Rosemary Noronha.

Rosemary tem uma relação estreita com Lula e foi apontada, em janeiro deste ano, pela sua própria irmã, de ser amante do ex-presidente Lula.

Publicidade

Delação

Léo Pinheiro delatou que, quando estava no comando da OAS, foi pressionado por Lula para contratar a empresa de João Vasconcelos, New Talent Construtora, para obras da Invepar. 

Publicidade

A acusação coloca Lula como suspeito de ter utilizado sua influência como presidente da República para favorecer pessoas próximas. Por mais que não tenha um laço comprovado com João Vasconcelos, a esposa do construtor sempre esteve ao seu lado.

Ao final dos anos 1980, Rosemary cuidava da conta bancária de Lula, quando era sindicalista. Após isso, foi chamada para assessorar Lula no Partido dos Trabalhadores (PT) e também no governo federal, assim que assumiu o cargo.

Lula assumiu a presidência no ano de 2003 e foi até 2010, quando Dilma Rousseff se elegeu, dando continuidade ao governo PT, uma vez que Lula não poderia se candidatar novamente.

Em 2018, Lula tentou voltar ao cenário eleitoral, porém, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) barrou a possibilidade pela Lei da Ficha Limpa, pois o petista se encontra preso após condenação em Segunda Instância.

Publicidade
Bruno Avila

Escrito por Bruno Avila

Redator de futebol, política e famosos desde 2016. Hoje um dos redatores mais lidos do 1News Brasil. Fique à vontade para falar comigo: brunoavilaprof@outlook.com