in

Salah e Alexis Sanchez de saída da Premier League e para a mesma equipe?

Sapo Desporto
Publicidade

A Juventus ganhou a Liga italiana, mas não termina a temporada tão feliz assim. Afinal, o time falhou na Copa e, especialmente, na Champions, caindo perante um Ajax, que vem surpreendendo a Europa e que também por isso mereceria outros cuidados dos italianos.

Na Juventus, eles teriam aprendido bem a lição com esse fracasso e é por isso que a diretiva bianconera está tão atenta no mercado. A intenção é construir uma equipe que se torne a principal candidata a erguer a Champions, e o plano é assinar duas contratações que marquem todas as diferenças.

Publicidade

Pedido especial do treinador

De acordo com informações da Raisport, o treinador Massimiliano Allegri já teria encontrado o segredo para tornar a Juventus dominadora também na Europa. O treinador italiano quer mudar seu ataque e apenas Cristiano Ronaldo continuaria na frente do time.

Publicidade

O astro português seria sempre o líder do projeto, afinal, foi por isso que o time pagou mais de 100 milhões de euros por seu passe. E até ao momento, sem arrependimentos. A Juve contratou Ronaldo para ganhar a Champions e o jogador mostrou diferenças durante as eliminatórias, fazendo todos os cinco gols da Juve, nessas rodadas.

Publicidade

Porém, Cristiano não foi suficiente e é por essa razão que Allegri quer um ataque com mais soluções. O treinador quer sua estrela melhor acompanhada e as soluções são dois dos nomes mais entusiasmantes da Premier League: Mohamed Salah e Alexis Sanchez..  

Jogadores pensam em mudar

Allegri está convencido de que ambos os atacantes seriam o complemento ideal para Cristiano Ronaldo no ataque da Juventus. Os dois reforços nem parecem assim tão impossíveis, tendo em conta que nenhum dos dois estaria muitos satisfeito em seu time.

Salah vem sendo apontado a uma saída do Liverpool faz alguns meses, devido a um suposto relacionamento ruim com Jürgen Klopp, enquanto Alexis Sánchez,  que já atuou na Serie A, na Udinesse, também não estaria mais a gosto no Manchester United. 

Publicidade