in

Possíveis provas: turistas encontram roupa de Caroline Bittencourt e detalhes surpreendem

Instragram/ Reprodução
Publicidade

A morte de Caroline Bittencourt está gerando muita curiosidade e apreensão no público brasileiro. Agora, somente três dias após ter sido encontrado o seu corpo no mar, alguns turistas, que estavam na a ilha do Tamanduá, em Caraguatatuba, em São Paulo, entregaram algumas fotos à delegacia que pertences de Caroline Bittencourt.

Ao que tudo indica, nessas fotos que eles conseguiram tirar em cima de uma pedra, onde alegadamente a antiga repórter da Record teria deixado as suas roupas, surgiu até uma mala com as iniciais de Caroline Bittencourt. Os próprios turistas se deram ao trabalho de ir ao “instagram” de Caroline para terem a certeza que aquelas roupas seriam dela. A verdade é que, segundo informações apuradas pelo site “G1”, essas roupas deixadas na pedra correspondiam mesmo.

Emerson Fialho, Leandro Zoppi e Ana Paula Zoppi, que estavam se divertindo um pouco nas suas férias, teriam dito que descobriram esses pertences pois estavam em uma moto aquática. Depois de tirarem as fotos, decidiram continuar seu caminho, só para depois mais tarde, quando sabiam que aquela roupa seria de Caroline Bittencourt, se dirigissem à delegacia e entregassem as fotos e as roupas.

Publicidade

“Foi por volta das 11h, achamos estranho aquele monte de roupa esticada em cima de uma pedra, mas não nos aproximamos muito. Ficamos um pouco na ilha e resolvemos voltar lá. Vimos que as roupas eram femininas, de boa qualidade e tinha as iniciais C.B. na mala”, confessou a turista, como informa o site do “G1”.

Publicidade

Vale a pena recordar que vários órgãos de comunicação sociais estão levantando a hipótese de que a polícia esteja nesse momento investigando essa morte tão estranha de Caroline como um possível crime. Para já, ainda não se sabe ao certo o que está sendo investigado, pois a polícia, ainda está recolhendo possíveis provas e depoimentos. 

Publicidade
Ricardo Cunha

Escrito por Ricardo Cunha

Compulsivamente informado e um eterno crítico da sociedade, enfim, um Jornalista.