in

Tiros, apedrejamento e pauladas: torcida organizada do Palmeiras briga entre si em SP

Reprodução / G1
Publicidade

O Palmeiras jogou contra o CSA, em Maceió, na tarde desta quarta-feira (1º). Mais cedo, na cidade de São Paulo, torcedores do verdão se enfrentaram em confronto que teve até tiro. Sim, você não leu errado. Houve briga entre palmeirenses.

A confusão aconteceu no Tatuapé, zona leste de São Paulo. De acordo com a Polícia Militar, integrantes da Mancha Verde foram atacados por torcedores excluídos e ex-integrantes da mesma torcida organizada.

O ônibus onde os integrantes da Mancha Verde estavam foi atacado, apedrejado e alvo de pauladas. Quando os homens chegaram, com pedras e paus nas mãos, quem estava no veículo tentou fugir pela janela. Alguns conseguiram, outros não.

Publicidade

Acuado, um dos torcedores que estava dentro do ônibus teria atirado contra o grupo rival. Um homem foi atingido no ombro. Socorrido, ele foi encaminhado ao Pronto Socorro do Tatuapé. Depois de passar por atendimento médico, o torcedor recebeu alta médica e pôde ir para casa.

Publicidade

A PM foi acionada no momento da confusão conseguiu prender 12 pessoas. Um dos presos era suspeito de ter atirado. Os outros 11 foram encaminhados para averiguação. O caso foi registrado no 31º Distrito Policial (DP) de Vila Carrão.

A Mancha Verde vive momentos de tensão desde que um dos fundadores da entidade, Moacir Bianchi, foi morto em março de 2017. De acordo com algumas pessoas, há um racha dentro da instituição. O presidente da organizada, André Guerra, não estava a par da situação já que acompanhava o time em Alagoas., segundo o R7.

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade
Diogo Marcondes

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br