in

Avó que chorou em velório de Eduarda teria ajudado em crime e detalhes são chocantes

Reprodução: G1 /Polícia Civil / Montagem: Fernando
Publicidade

A morte da menina Eduarda Shigematsu, a cada dia, ganha um capítulo mais assustador que o outro. Inicialmente, a adolescente de apenas onze anos era dada como desaparecida. Foi uma denúncia de um vizinho que ajudou a polícia de Rolândia, no Paraná, a encontrar o corpo de Eduarda. 

Publicidade

Ricardo Seidi, pai da menina, inicialmente, revelou que a garota tinha cometido suicídio e, desesperado, ele teria enterrado o corpo da menina no quintal. No entanto, após não ter mais como esconder as evidências, Ricardo Seidi acabou confessando o crime. 

Publicidade

A história que já era triste acabou ganhando um novo enredo nesta terça-feira, 30 de abril. Isso porque a avó paterna da criança, Terezinha de Jesus Guinaia, foi presa. 

Avó nega participação em crime e diz que provará inocência

Segundo a Polícia Civil, ela saberia que o filho escondeu o corpo da neta no quintal. Por ter participado do crime hediondo, a avó, que chegou a ser flagrada chorando no velório da menina, teve a prisão preventiva de 30 dias expedida pela justiça. 

Publicidade

Veja abaixo a foto do local onde o corpo de Eduarda foi encontrado; ele estava enterrado na parte de trás de uma das casas da própria família:

A defesa de Terezinha de Jesus Guinaia afirmou que a prisão é desnecessária e a inocência dela será comprovada no decorrer do processo.

Em depoimento, segundo o delegado-chefe da regional de Arapongas, Mauricio de Oliveira Camargo, a avó negou que tenha participado dos crimes. O delegado afirmou que a prisão da avó foi decretada, considerando que havia o risco de que ela pudesse fugir da cidade.

Publicidade

Leia Também

Escrito por Fernando B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.

Polêmica! Xuxa posta foto ousada com nuca pelada e tatuagem, mas web vê homenagem a Senna

Arthur pode render confronto histórico entre Grêmio e Barcelona nos gramados; entenda