in

Beira-Mar se cansa e revela quem mandou matar Marielle: ‘100% de certeza’

Record TV / Divulgação
Publicidade

Luís Fernando da Costa tem 51 anos, mas está preso há 18. É tanto tempo que ele até já se sente íntimo dos funcionários. O ex-chefe do tráfico de drogas do Rio de Janeiro é mais conhecido pelo apelido, Fernandinho Beira-Mar. Ele conversou neste domingo, 28 de abril, com a reportagem do ‘Câmera Record’.

O ex-traficante falou sobre a mudança de quem manda nos morros cariocas. E opinou que está ficando cada vez mais comum áreas onde o tráfico de bandidos foi substituído por outros criminosos, os milicianos. 

Ainda na conversa com a reportagem da Record, Fernandinho Beira-Mar disse que tinha 100% de certeza sobre quem teria matado a ex-vereadora Marielle Franco (PSOL-Rio de Janeiro). Ela e o seu motorista, Anderson Gomes, foram assassinados em março do ano passado, após a vereadora deixar um evento político. 

Publicidade

De acordo com Fernandinho, há 100% de certeza de quem está envolvido no crime contra a vereadora é mesmo milicianos e policiais. Segundo o preso conhecido, esses agentes que recebem do estado acabam tendo mais facilidade de não serem reconhecidos quando cometem crimes. 

Publicidade

Mês passado, um policial reformado e um expulso foram presos, acusados de terem cometido o crime, que foi considerado ousado. Marielle denunciava ações da PM em algumas comunidades cariocas. 

Em um dos crimes a que foi condenado, Fernandinho Beira-Mar mandou matar Michel Santos, o homem que sua ex-namorada Joelma teria tido um envolvimento. Vinte anos depois, o paradeiro da moça permanece um mistério.
Ele questiona se tal fato até hoje não seria uma montagem. 

Publicidade
FERNANDO B

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.