in

Após boicote, Monica Iozzi ataca Bolsonaro e o acusa de censura: ‘Vai se tratar’

TV Globo / Montagem / Veja
Publicidade

Nessa semana, uma polêmica em torno do governo do presidente Jair Bolsonaro virou pauta na mídia. Bolsonaro teria solicitado a retirada de uma propaganda na televisão do Banco do Brasil. Muitas pessoas acusaram o presidente de preconceito, já que a campanha era protagonizada por negros. 

O presidente justificou que faltavam outros perfis de jovens para retratar a propaganda do banco público, gerando assim um debate. A atriz Monica Iozzi foi uma das celebridades que decidiu atacar Bolsonaro após o anúncio da retirada da propaganda do ar. 

Em uma rede social,  a ex-apresentadora do Vídeo Show se revoltou e chegou a solicitar que Bolsonaro procurasse tratamento médico. “Jair, vá lá se tratar… É sério, cara…. Você tá piorando”, desaprovou Monica. Para quem não lembra, Monica tem uma relação antiga com o presidente. Ela o entrevistava na época em que era repórter do extinto CQC, da Band.

Publicidade

Iozzi disse em entrevistas que lamentava o fato de ter ajudado Bolsonaro a ficar ainda mais famoso com as frequentes entrevistas que fazia com ele. Recentemente, Marcelo Tás disse que tem orgulho de saber que seu antigo programa ajudou a eleger um presidente do Brasil.  

Publicidade

O estatal Banco do Brasil anunciou na quinta-feiram, 25 de abril, a suspensão da campanha, que estava no ar na TV desde o início do mês. A peça tinha como objetivo incentivar jovens a abrir contas na instituição.

No vídeo, são exibidas imagens de pessoas agindo conforme o texto falado pela narradora. Há homens fazendo “carão”, “biquinho de ‘vem cá me beijar'”, “cara de rica irritada”,  entre outros. 

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade
Fernando B

Escrito por Fernando B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.