in

Vídeo: Michelle Bolsonaro dá bronca em senador e consegue medicamentos para doença rara

@amejoaquim/Instagram
Publicidade

A esposa do presidente Jair Messias Bolsonaro, Michelle Bolsonaro, afirmou, ainda quando seu marido estava em campanha, que não iria ser uma primeira-dama não atuante em causas sociais e que tinha um objetivo ao assumir este ‘cargo’ tão importante.

Publicidade

Michelle é uma defensora da causa dos surdos e também de pessoas com doenças raras. A mulher do presidente foi até o Senado Federal para lutar na aprovação de medicamentos para portadores de atrofia muscular espinhal (AME).

Publicidade

A intenção de Michelle, ao ter sua ida no Senado, era colocar o medicamento Spinraza na lista dos essenciais do Sistema Único de Saúde (SUS). A sessão foi comandada pelo senador Romário, do Podemos, que preside a Comissão de Assuntos Sociais (CAS).

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, assinou o decreto no plenário, porém o clima durante a sessão não teria sido tão simples e confortável como parece, pois Michelle acabou dando duas broncas durante a sua fala.

Publicidade

Quando começou a falar, Michelle interrompeu para pedir que o presidente do Senado Federal, Davi Acolumbre, do Democratas, prestasse atenção porque ela estava com a palavra.

Após um momento, a primeira-dama também interrompeu o senador Mandetta para prestar atenção. O vídeo das duas broncas logo viralizaram nas redes sociais e muitos elogiaram a seriedade de Michelle.

O objetivo de Michelle, no entanto, foi alcançada. A primeira-dama indica que fará muito mais e vem sendo atuante em diversas causas, como em promoção de eventos para captar dinheiro em causas sociais.

Publicidade

Leia Também

Escrito por Bruno Avila

Escritor de futebol e política desde 2016, quando comecei o trabalho na Blasting News. Hoje migrei ao 1News e sou um dos escritores mais lidos do site.

PT teria excluído Maria do Rosário após ela armar barraco

Bebê nasce com o céu da boca para fora, e família emociona a todos ao buscar ajuda