in

Craque do Barça mais perto da Juventus (e Messi não quer)

Diario Gol
Publicidade

O Barcelona está fazendo uma boa temporada e mantém todas as chances de terminar em grande. O time catalão tem a liga no bolso e se qualificou para a final da copa e as semifinais da Champions. Vai enfrentar o Liverpool por uma vaga na final, em Madrid. Porém, nem tudo corre bem e o time tem um jogador que parece meio contrariado e longe de seu melhor nível. Contra o Manchester United, parecia a ressurreição de um dos jogadores mais criticados do elenco ‘culé’, mas um gesto seu poderia ter fechado a porta para continuar no ano seguinte. 

Gesto de Coutinho não caiu bem

O Barcelona já vencia por 2 a 0, quando Coutinho teve um de seus melhores momentos desde que chegou no Barcelona. Passando por uma temporada mais complicada, o criativo brasileiro fez um golaço, que fechou as contas do apuramento do Barça. O time se qualificava para as semifinais da Champions e Coutinho celebrou seu gol com um gesto inesperado. 

O jogador tomou a decisão de comemorar com um gesto que visava a torcida, especificamente seus detratores, ele que tem sido alvo de muitas críticas, por estar jogando bem abaixo do esperado. Com os dedos sobre seus ouvidos, o jogador fingiu que não estava mais escutando as críticas, em um gesto que não agradou para ninguém. Afinal, partir contra a torcida nunca é bom para o jogador. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade

View this post on Instagram

??⚽️

A post shared by Philippe Coutinho (@phil.coutinho) on

Juventus muito atenta

Com mais um momento nada feliz de Coutinho, parece que seu tempo no Barça pode estar chegando no final. E um dos times mais interessados seria mesmo a Juventus, que continua procurando por reforços para o elenco, após o fracasso na Champions. 

O destino de Coutinho está cada vez mais distante de Barcelona, ​​e Cristiano Ronaldo já teria aprovado sua contratação para a Juve, ele que acredita muito no talento do criativo brasileiro. O jogador pode devolver a mágica para o meio-campo da Juve, mas Messi não estaria nada feliz com, essa possibilidade. É que o argentino se tornou em um dos melhores amigos de Coutinho, no vestiário. 

Publicidade
Publicidade