in

Corinthians pode ir ao Mundial de Clubes de 2021 se vencer a Sul-Americana; entenda

Meu Timão
Publicidade

A Fifa anunciou em março deste ano, um novo formato para a maior competição entre clubes no mundo do futebol: o Mundial de Clubes. A partir do ano de 2021, a competição passará a ocorrer de quatro em quatro anos entre 24 clubes.

Publicidade

Sendo assim, a América do Sul passará a contar com seis vagas para o torneio, mudança que poderá afetar de forma direta o time corintiano.

Publicidade

Quatro dessas seis vagas serão preenchidas, segundo definição da Conmebol, pelos campeões da Copa Libertadores, logo, as outras duas vagas disponíveis tendem a ficar com quem levou pra casa a Copa Sul-Americana.

Mas espera um instante, em quatro anos de competição não teremos quatro campeões? Como quatro campeões podem preencher duas vagas? Exatamente por isso a confederação do continente cogita a idéia de uma disputa entre os campeões pelas vagas no mundial, de acordo com Marcel Rizzo, jornalista do UOL Esporte. O formato da competição dos campeões ainda não está definido.

Publicidade

Se aprovada a proposta para disputa das duas vagas, Independiente, clube da Argentina, e Athletico Paranaense, o rubro negro do Paraná, seriam dois clubes com vaga garantida para concorrer a uma vaga no mundial.

Possivelmente, os vencedores serão definidos em confrontos mata-mata disputados em estádio neutro.

Vale ressaltar que o Corinthians segue firme e forte na luta pelo título da Copa Sul-Americana desta temporada. Na primeira fase, o time corintiano fez com que o Racing, da Argentina, desse adeus à competição, e agora aguarda sorteio para conhecer seu próximo adversário.

Publicidade

Leia Também

Escrito por Higor Mendes

Corretor de Imóveis, cursou até o 3º semestre de Engenharia de Pesca na Universidade Federal Rural da Amazônia e atualmente é graduando em História na UNP. Apaixonado por História da Segunda Guerra Mundial, Política, Futebol e curiosidades em geral.

Veja o cartaz escolhido pela torcida do Timão para o filme que contará história da Arena

Jogador que morreu e ressuscitou quer voltar ao futebol 5 anos depois do milagre