in

Record cresce 659%, ultrapassa a Globo e ganha mais verbas do governo na era Bolsonaro

Folha Brasil

O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, havia prometido durante a campanha mudar a forma como dividiria a verba governamental para publicidade nos meios de comunicação. Por enquanto, quem tem se dado bem é a Record TV. A emissora de Edir Macedo tem mostrado grande proximidade com o governo.

No terceiro trimestre do ano passado, o governo federal já havia aumentado os recursos com comunicação. O aumento naquele período foi acima dos 60%. Esse período foi justamente entre a mudança de governos. Outros aumentos foram dados no primeiro trimestre desse ano, quando Bolsonaro já estava no poder. 

A TV Globo foi a emissora que menos recebeu aumento de publicidade, quando comparada ao mesmo período do ano anterior. O canal da família Marinha cresceu apenas 19% nos valores recebidos da Secretaria de comunicação do governo federal. 

Enquanto isso, a Record cresceu mais de 600%. O SBT também teve grande crescimento, ultrapassando a marca dos 500%. Com isso, ambos os canais, mesmo tendo menos audiência que a Globo, receberam mais dinheiro que o canal concorrente no mesmo período. 

A Record teve repasses acima dos R$ 10 milhões, SBT R$ 7,3 milhões e TV Globo pouco mais de de R$ 7 milhões. Ou seja, das três grandes emissoras, o canal carioca ficou com a terceira colocação.

 A assessoria de imprensa do Palácio do Planalto disse em contato com o site RD1 Audiência que os pagamentos feitos no primeiro trimestre de 2019 não têm relação com ações de Bolsonaro, sendo pagamento de campanhas autorizadas e executadas em anos anteriores.

Leia Também

Escrito por Fernando B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.

Next post

Maisa grávida? Apresentadora do SBT aparece com barriga e avisa fãs: ‘Já abortei, galera’

Renato Portaluppi enaltece craque e o indica para Seleção Brasileira