in

Zé de Abreu posta ‘fake news’ sobre Bolsonaro e sofre castigo na Globo

Pedro Ladeira/Folhapress - TV Globo - Globo LOGO

O ator José de Abreu já deixou clara sua oposição ao Governo Bolsonaro. Diversas críticas são postadas em suas redes sociais, mas nem sempre o ator tem acertado. Desta vez, Zé de Abreu postou uma informação sem apurar as fontes e sofreu represália.

Uma plataforma virtual criada e mantida pelo Centro Nacional de Desenvolvimento Científico (CNPq), chamada Plataforma Lattes, é super importante para o desenvolvimento científico no país.

Uma notícia rodou as redes sociais sobre a extinção da plataforma, que seria feita pelo Governo Federal, redigida pelo presidente Jair Messias Bolsonaro. Um dos principais atores da Rede Globo de Televisão compartilhou esta postagem, com uma hashtag contra o atual presidente da República.

José de Abreu logo foi desmentido pelo próprio Grupo Globo, por meio do principal portal de notícias, o G1, que publicou uma foto desmentindo a informação compartilhada pelo seu ator.

O portal, entretanto, também postou que Zé de Abreu se retratou nas redes sociais após uma nota do CNPq ser postada. Mas há um ‘porém’, pois o ator não voltou atrás totalmente na informação que ele compartilhou. “Para o CNPq desmentir publicamente é porque algo havia“, disse o artista, que é alvo de muitas críticas nas redes sociais.

Vale lembrar que o ator se autoproclamou presidente da República em um ato de provocação ao governo e tem sido crítico assíduo às determinações do poder Executivo Federal. Após se posicionar politicamente, Zé de Abreu virou astro da esquerda e vilão da direita.

Leia Também

Escrito por Bruno Avila

Escritor de futebol e política desde 2016, quando comecei o trabalho na Blasting News. Hoje migrei ao 1News e sou um dos escritores mais lidos do site.

Bolsonaro copia Lula e Dilma, e concede benefício do governo para Edir Macedo

Após polêmica sobre Holocausto, Bolsonaro revela a verdade