in

‘Máquina Mortífera’: Flamengo tenta a contratação de ex-craque da Seleção Brasileira

Fotomontagem por Henrique Furtado: (Patrik Stollarz/AFP / Flamengo)

O Flamengo ainda não desistiu do mercado da bola e segue em sua busca para a contratação de reforços que irão servir o time de Abel Braga para a temporada de 2019, que conta, além dos campeonatos nacionais, com a disputa da Libertadores da América.

De acordo com informações apresentadas pelo jornalista Mauro César, da ESPN, o rubro-negro carioca está movimentando a contratação de Ramires, volante que já atuou em várias oportunidades pela Seleção Brasileira.

O atleta possui 32 anos e joga atualmente no futebol da China, onde tem contrato até o final deste ano. Entretanto, ele está tendo poucas oportunidades de entrar em campo na Ásia e chegou a ser quase transferido para o Benfica.

Ramires carrega em seu currículo a disputa de duas Copas do Mundo pelo Brasil. A expectativa é que, com a sua contratação, ele possa fazer dupla no meio de campo com Cuéllar.

A expectativa dos dirigentes do time, de acordo com informações da Coluna do Flamengo, é de que os chineses liberem Ramires antes do término de seu contrato, evitando que haja a necessidade de pagar a multa rescisória.

Ramires também é bastante conhecido no futebol europeu, por ter disputado vários campeonatos de expressividade internacional, defendendo a camisa do inglês Chelsea.

O Flamengo possui, nesta temporada, apenas duas derrotas, e é o líder de seu grupo na Libertadores. Neste domingo (14), o clube da Gávea emplacou uma grande vitória por 2 a 0 contra o seu arquirrival, Vasco da Gama, estando bem próximo de colocar a mão na taça do Campeonato Carioca, cuja segunda partida da grande final será disputada no próximo domingo (21).

Leia Também

Escrito por Henrique

Henrique Furtado é um redator que gosta de ocupar o seu tempo livre lendo notícias, e noticiando aquilo que acha mais interessante.

Next post

Juliana Paes é ‘massacrada’ após publicar foto com Paula e toma atitude

Globo faz piada sobre Bolsonaro, e maior verba publicitária para Record e SBT é divulgada