in

Europa em luto com a perda sofrida pela chanceler alemã, Angela Merkel

123RF / luzitanija e REUTERS / Fabrizio Bensch
Publicidade

Herlind Kasner, mãe da chanceler alemã Angela Merkel, morreu no início de abril, embora as informações tenham sido divulgadas apenas nesta quarta-feira (10), vindas do porta-voz oficial do governo, Steffen Seibert.

Entretanto, a notícia foi vazada ontem pelo jornal “Bild” e pela revista “Superillu“. A previsão é de que a mãe de Angela Merkel tenha o seu velório realizado na região de Templin, no estado de Brandenburg. Este é o local onde a mulher viveu a maior parte de sua vida, e o que se espera é uma cerimônia fechada e restrita aos familiares e amigos.

Herlind Kasner ocupou-se, até pouco tempo, do ofício de lecionar a Língua Inglesa para estudantes de uma escola pública alemã, na mesma cidade onde será enterrada. Ela mudou-se com a família para Templin após o nascimento da filha, em 1954, que agora ocupa o cargo de chanceler do país europeu.

Publicidade

A história da mulher possui fortes ligações com o contexto mundial do século XX, sobretudo por conta da Segunda Guerra Mundial e, posteriormente, com a divisão da Alemanha durante a Guerra Fira.

Publicidade

Kasner nasceu na cidade de Gdansk, que fica localizada na Polônia, no dia 8 de de julho de 1928. Os primeiros anos de sua vida foram vividos em Hamburgo, no início de seu casamento.

Entretanto, quando o seu marido Horst Kasner decidiu se mudar para essa pequena cidade, localizada na porção oriental do país, dominada pela Uinão Soviética, lá ela acabou vivendo até os seus últimos dias de vida.

No ano de 2008, ela recebeu o importante prêmio como “Modelo de Formação Permanente”, em agraciamento pela continuidade de seus trabalhos como educadora, mesmo após completos 80 anos de vida.

Publicidade
Henrique

Escrito por Henrique

Henrique Furtado é um redator que gosta de ocupar o seu tempo livre lendo notícias, e noticiando aquilo que acha mais interessante.