in

Audiência sobre Reforma da Previdência termina em bate-boca, tapas e deputado armado; vídeo

Twitter Levy Guimarães
Publicidade

A audiência da Comissão de Constituição e Justiça, que estava tratando sobre a admissibilidade ou não da Reforma da Previdência, teve que ser interrompida após um princípio de confusão – protagonizado pelos próprios parlamentares.

Isso porque o deputado Eduardo Bismarck (PDT-CE) alegou que o delegado Waldir (PSL-GO) estava armado dentro do recinto. Ele é o líder de governo do presidente Jair Bolsonaro na Câmara dos Deputados, em Brasília.

Após problemas por questões de ordem, solicitadas pelos parlamentares oposicionistas, a audiência culminou numa tentativa dos congressistas em impedir a leitura do parecer,; Waldir se apoiou sobre uma mesa, fazendo com que o seu coldre ficasse a vista.

Publicidade

Nesse momento, a confusão tornou-se ainda maior, pelo fato de Bismarck alegar que o deputado estava armado. A partir daí, houve início um grande empurra-empurra e bate boca entre os parlamentares.

Publicidade

Pompeo de Mattos (PDT-RS) chegou a alegar que, ao segurar a mão de Waldir durante a confusão, teria sentido a arma de fogo.

Em meio a tudo isso, o acusado decidiu mostrar o seu coldre, que estava sem nenhuma arma. Bastante entusiasmado por ter desmentido a acusação dos opositores, ele bradou, fazendo sinal com os dedos em forma de arma, que o seu calibre seria o 17, em alusão ao número da sigla do Partido Social Liberal.

Bismarck não se deu por vencido e alegou que o colega de casa havia passado a arma de mão em mão, a fim de se livrar da prova incriminatória. Ele ainda criticou o presidente da sessão, alegando que o recinto deveria ter sido lacrado para que não houvesse margem para a fuga com o armamento, bem como permitir a apuração da denúncia.

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade
Henrique

Escrito por Henrique

Henrique Furtado é um redator que gosta de ocupar o seu tempo livre lendo notícias, e noticiando aquilo que acha mais interessante.