in

Sobrinha da namorada de Rodinei morre em enchente no Rio de Janeiro

Coluna do Flamengo
Publicidade

Uma chuva muito forte tem causado problemas na cidade do Rio de Janeiro, inclusive, o prefeito Marcelo Crivella reconheceu nesta terça-feira (09) que sua gestão falhou ao não se antecipar para evitar alagamentos nas ruas da cidade.

Além do reconhecimento do prefeito, na tarde desta terça-feira (09), também foi anunciada uma campanha através das redes sociais para divulgar o desaparecimento de duas pessoas ligadas ao lateral-direito Rodinei durante a chuva no Rio de Janeiro: Lucia Neves e Júlia Aché.

Júlia Aché, que é ainda uma criança, é sobrinha de Nina Aché, namorada do lateral-direito Rodinei, do Flamengo. O atleta do Mengão fez questão de entrar na campanha para ajudar as duas pessoas desaparecidas.

Publicidade

Rodinei compartilhou uma mensagem publicada por sua namorada através das redes sociais: “Galera, me ajudem e compartilhem por favor, minha sobrinha Julia Aché e Lúcia Neves, avó dela, estão desaparecidas desde ontem devido a essa chuva. Elas pegaram um táxi no shopping Rio Sul às 21h45 e não chegaram em casa ainda”, escreveu Nina na publicação.

A publicação foi feita em torno das 11 horas da manhã desta terça-feira pelo lateral-direito, porém, agora à tarde foi confirmada a morte das três vítimas que estavam presentes em um táxi na cidade do Rio de Janeiro. Entre as vítimas estavam uma idosa (avó), uma criança (sobrinha) e o motorista.

A delegada Valéria Aragão, da 12ª DP, disse que no local foram encontrados corpos aparentemente semelhantes com os procurados. As autoridades presentes no local não confirmaram que o táxi soterrado é o veículo onde estavam a avó e a neta.

Bruno Avila

Escrito por Bruno Avila

Redator de futebol, política e famosos desde 2016. Hoje um dos redatores mais lidos do 1News Brasil. Fique à vontade para falar comigo: brunoavilaprof@outlook.com