in

BBB19: advogado de Rodrigo mostra uma das mensagens racistas denunciadas em delegacia

Gshow
Publicidade

O advogado Ricardo Brajterman usou as redes sociais, no último sábado (6), para mostrar os ataques sofridos por Rodrigo, participante do Big Brother Brasil 19. São ataques de intolerância religiosa e racistas.

Publicidade

A postagem foi apagada nesta segunda-feira (8). O print mostrava um internauta chamando Rodrigo de macumbeiro e questionando se ele teria dinheiro para pagar um advogado.

Publicidade

Na sexta, o ex-BBB e Brajterman foram à Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi), no Rio de Janeiro, denunciar os comentários feitos nas redes sociais e também por Paula dentro do Big Brother Brasil.

“Essa é somente uma manifestação de absurda intolerância religiosa e repugnante preconceito. No meio de centenas de outras agressões que nos vem sendo enviadas de todos os cantos. O Brasil é formado pelo pluralismo de religiões, raças e culturas”, escreveu o advogado.

Publicidade

O advogado ainda afirmou que a nação brasileira é formada por todas as religiões, contando com muçulmanos, budistas, judeus, umbandistas, candomblecistas e espíritas. Ele disse ainda que a Constituição Federal define o Brasil como um Estado Laico. O advogado frisou que a maioria dos brasileiros é católica, mas a lei garante a liberdade religiosa.

O advogado disse ainda que o autor do comentário racista foi um dos denunciados na delegacia. Ele não informou o motivo da postagem ter sido apagada. Dentro da casa do BBB 19, Paula comentou que tinha medo de Rodrigo, porque ele falava de oxum. “Nosso Deus é maior”, disse a advogada mineira dentro da casa mais vigiada do Brasil.

Publicidade

Leia Também

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator do i7 Network.

Famosa marca distribui sorvete de graça, à vontade, para os clientes; veja onde pegar o seu

Pouco antes, vaza escalação inusitada de Love contra o Santos