in

Idoso com Síndrome de Down morre de fome por não receber comida em hospital

YouTube Michael Chang
Anúncios

Guiseppe “Joe” Ulleri era um senhor de 61 anos idade, com síndrome de Down. Ele vivia em um abrigo para pessoas com necessidades especiais e, após sofrer uma queda, teve que ser levado para um hospital em Manchester, na Inglaterra, Lá, ele acabou ficando 20 dias sem receber comida, fazendo com que ele morresse de fome.

Preliminarmente, os médicos acreditaram que o homem poderia retornar para casa após receber alta médica. Porém, exames mais precisos constataram a ocorrência de várias fraturas pelo corpo, fazendo com que ele precisasse ser internado.

Anúncios

Por ter quebrado alguns ossos do pescoço, Joe estava impossibilitado de ingerir alimentos sólidos. Por conta disso, as enfermeiras optaram por não administrar a ele nada por via oral.

Diante disso, uma grande confusão foi instaurada, pelo fato dos profissionais não lidarem adequadamente com a forma correta de alimentá-lo. Isso fez que com ele enfrentasse três dolorosas semanas sem ingerir nenhum tipo de comida.

Anúncios

Este hospital é um centro em excelência tecnológica, mas a forma com foi conduzida a situação de Guiseppe está sendo considerada como desumana e irresponsável.

Anúncios

Ele passou por alguns tratamentos para tentar conseguir engolir novamente e, algum tempo depois, teve um tubo gástrico inserido em seu corpo, na intenção de fornecer alimentos.

Porém, já era tarde demais, e o homem acabou vindo a óbito, pela falta de estoque de energia em seu corpo. A família agora ajuíza processos na intenção de cobrar legalmente do hospital os danos cometidos.

Anúncios

Leia Também

Escrito por Henrique

Henrique Furtado é um redator que gosta de ocupar o seu tempo livre lendo notícias, e noticiando aquilo que acha mais interessante.

Gil anima torcida ao comentar publicação sobre fechar com o Flamengo

Lembra do homem do maior ‘membro’ do mundo? Após anos, mentira é revelada