in

Robert decide voltar a ser homem após cortar o membro e virar trans: ‘gostaria de ser pai’

Reprodução / RedeTV!
Publicidade

O palestrante Robert Diego nasceu homem, mas sempre se viu como mulher. Por muito tempo isso o atormentou até que, aos 24 anos, ele decidiu que queria ser mulher. Para isso, passou pela cirurgia chamada de redesignação sexual – arrancou o órgão genital masculino.

Publicidade

A decisão ocorreu depois dele compreender como funcionava o mundo dos travestis e das transexuais. Por alguns anos, Robert viveu como mulher, manteve relacionamento com homens, até que chegou um dia em que ele não estava mais feliz com sua condição feminina. Diante disso, Robert decidiu voltar a ser homem.

Publicidade

Na entrevista ao programa Superpop, da RedeTV!, ele contou um pouco de seu caso e lançou um alerta para aqueles que desejam arrancar o órgão. “Tomar a decisão de amputar um membro pra poder se encontrar enquanto indivíduo é perigoso, porque você pode se encontrar como indivíduo, depois, em falta”, comentou.

Ele afirmou ainda que “gostaria de ser pai”, mas não será possível por conta da cirurgia que fez alguns anos atrás. A irmã de Robert, Janaina Souza, comentou que ele fez a mudança quando ainda era menino. Ela temia que ele fosse se arrepender. Foi exatamente o que aconteceu.

Publicidade

No palco do Superpop, Robert contou à Luciana Gimenez mais detalhes da situação. Ele respondeu perguntas das apresentadoras e algumas convidadas. Nas redes sociais, alguns internautas comentaram a situação envolvendo o palestrante.

“O fato dele ter arrancado seu órgão genital não muda biologicamente que ele ainda é um homem. As pessoas podem se arrepender e voltar atrás”, comentou um internauta.

Publicidade

Leia Também

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator do i7 Network.