in

BBB19: Rodrigo diz que vai processar Paula por racismo

UOL
Publicidade

Nesta quarta-feira (3), o eliminado do último paredão do BBB19, esteve no programa ‘Mais Você’ em um bate papo chocante com a apresentadora Ana Maria Braga.

Aos 40 anos de idade, Rodrigo vive na Zona Sul do Rio de Janeiro e é cientista social especializado em direitos humanos, ator, dramaturgo, articulador cultural, sócio de um food truck, psicopedagogo e professor.

Durante a entrevista ele abriu o coração, jogou na mesa tudo que ficou sabendo através da web após sair da casa mais vigiada do Brasil, Rodrigo chorou e afirmou que estará dando entrado no processo contra a sister Paula, por racismo religioso.

Publicidade

A família de Rodrigo, já havia se posicionado sobre essa questão, inclusive diante de tanta injustiça e cansados dos ataques racistas que o participante do Big Brother Brasil vinha sofrendo,  decidiram  desativar os comentários no perfil pessoal do Instagram do professor.

Para Fábio França, irmão de Rodrigo, o ato não é simplesmente uma brincadeira porque tomou uma outra dimensão. Segundo ele relata, existe até ameaças de morte. 

O irmão de Rodrigo disse também que os ataques contra ele aumentaram depois que Paula ganhou a liderança na última quinta-feira, dia 28. Fábio deixa claro que não está querendo fazer nenhuma acusação, mas que sentiu que os ataques se tornaram mais fortes depois da vitória dela na última prova do líder.

O assessor de Rodrigo justificou dizendo: “Ele quer tocar [o depoimento contra a Paula], e não apenas pelo que foi desferido contra ele, mas pela causa que ele defende. Pelas pessoas que ele representa e que isso não volte a ser reproduzido. Isso é o que ratifica o genocídio negro e o racismo”,  esclareceu.