in

Luto no MMA: lutador brasileiro morre após ser nocauteado

Arte / Diogo Marcondes
Publicidade

O MMA tem milhares de fãs em todo o Brasil, mas ainda encontra certa resistência no país porque alguns classificam as lutas como muito violentas. Alguns eventos colaboram para arranhar a imagem do esporte.

A morte do jovem lutador Mateus Fernandes, de 22 anos, após uma luta no evento Rêmulus Fight, em Manaus, capital do Amazonas, tem causado grande comoção. O atleta da categoria peso galo morreu horas depois de lutar no último sábado (30).

O evento em que Mateus lutou é sancionado pela Comissão Atlética do Amazonas (CAMMA-AM). No confronto contra Obed Pereira, Mateus Fernandes foi nocauteado no terceiro round.

Publicidade

Um vídeo publicado pelo canal M2 News mostra a combinação de socos que o levou ao chão. O árbitro da luta encerrou o combate. Mateus parecia meio atordoado, o que normal para um lutador que acabou de ser nocauteado. Mas logo depois ele deita, de forma estranha, desmaiado.

Publicidade

O atleta recebeu os primeiros socorros ainda no octógono. Conduzido a um hospital local, Mateus sofreu quatro paradas cardíacas e faleceu por volta das 23h45.

Estou muito triste e chateado nesse momento. Ele foi levado às pressas para o hospital e abriu os olhos o tempo todo. Ele estava tonto, mas ainda acordado. Foi examinado no hospital e sofreu a primeira parada cardíaca. Eles tentaram salvá-lo por duas horas, mas infelizmente ele acabou morrendo“, disse Wallace Alves, presidente do CAMMA, em entrevista ao site MMA Fighting.

O lutador fazia parte do Formando Campeões, projeto social que acolhe usuários de droga. Vanderluce Cantuarias, coordenadora do projeto, acredita que Mateus tenha morrido de oversode e não por conta dos golpes que recebeu.

Ela afirmou que ele fez exame e estava limpo – sem drogas no sangue – na sexta-feira (29). Ex-alunos disseram que ele teria passado a noite usando drogas.

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade
Diogo Marcondes

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br