Renato alerta sobre chances perdidas: ‘nunca vi Pelé e Messi inventando’

Leia também

BBB20: Manu Gavassi Grávida? Pai da participante e namorado comentam a situação

Após o surpreendente e acirrado paradão, Manu Gavassi dá novo susto em sua torcida

Lembra da Dany Bananinha do Caldeirão do Huck? Ela está com 43 anos e deu à luz pela 1º vez

Pelas redes sociais, a mamãe compartilhou as primeiras fotos de Lara e encantou os seguidores.

Fãs especulam que Maiara usou remédios para emagrecer e cantora põe a boca no trombone

Por conta do rápido emagrecimento, teorias de que a cantora teria se rendido ao uso de remédios tomou conta das redes sociais.

A bebê da Dany Bananinha é tão linda que, para muitos, é a criança mais bela do planeta

Dany Bananinha publicou em seu Instagram nesta quinta-feira fotos da sua primeira filha.
Rômulo NC
Ator, youtuber e redator, Rômulo N.C é formado pela casa de artes cênicas Recriarte e sempre atuou como escritor de diversos sites.
Publicidade

O último jogo do Grêmio não foi nada bom para o técnico Renato Portaluppi, que saiu de campo irritado com as oportunidades perdidas.

As poucas chances que os jogadores tiveram de fazer gol dentro de campo acabaram não sendo aproveitadas, o que fez o técnico ficar furioso.

Publicidade

Logo após a partida contra o São Luiz, o técnico concedeu uma entrevista se mostrando irritado com a atitude de seus jogadores. Segundo Portaluppi, ele nunca tinha visto na vida Pelé e Messi inventando jogadas, assim como teriam feito seus atletas durante o confronto, quando tiveram chance de ficar de frente para o gol.

Portaluppi disse: “O que eu falo é que nunca vi o Pelé inventando, o Messi inventando, o Garrincha inventando… O simples é bonito no futebol”. Renato enalteceu a qualidade de seus jogadores, alegando que eles lutam com garra e força para conseguir alcançar os objetivos propostos, mas lamentou a falta de “desejo” que eles têm para balançar a rede com a bola.

Publicidade

O treinador ainda salientou, que em uma decisão como uma semi-final, não pode ficar improvisando ou criando grandes jogadas. Para ele, o simples às vezes é necessário, pois perderam várias jogadas em que podiam ter feito gol.

Passada a frustração, o time agora deve se preparar para o próximo confronto, que já tem data para acontecer. Na próxima quinta-feira (04), o Grêmio vai a campo contra o Universitad Católica, numa partida ‘tudo ou nada’.

Isso porque eles irão decidir o futuro do clube dentro da Copa Libertadores. Para se manter vivo no Grupo H, o time de Renato Portaluppi precisa vencer.

Publicidade