in

Mãe que injetou água sanitária e sabonete em sua filha por meses sofre terrível castigo

R7
Publicidade

Elif K. é uma mãe turca que confessou não amar a sua filha, e por isso, a torturou por longos 18 meses. “Eu não conseguia amar a minha filha, eu não sentia afeto por ela. Então, decidi torturá-la”, disse a mãe.

Essa história só se tornou conhecida depois que o Hospital Kanuni Sultan Suleyman, que fica em Istambul, começou a suspeitar dos maus tratos, uma vez que a criança chegava na instituição sempre em más condições de saúde.

O caso que aconteceu é inusitado e revoltante. A pequena Eylul teve água sanitária e sabonete líquido injetados em seus ouvidos, narinas e umbigos até começar a sangrar. Isso foi feito por longos 18 meses, desde que a menina tinha um mês de idade. Além disso, ela apresentava cortes feitos com o uso de lâminas por todo o seu corpinho.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

A mãe confessa levava a criança para o hospital para receber tratamento, mas quando voltava para casa, continuava torturando a criança. Elif confessou ainda que enquanto a menina estava no hospital, ela injetou produtos em sua veia.

O pai da criança percebeu hematomas e sangramentos em sua filha e a levou ao Hospital Universitário da Faculdade de Medicina local, onde foi constatada fratura no crânio. A mãe foi presa e questionada, porém, foi solta depois de convencer que era inocente, porém, meses depois, tudo voltou e o hospital decidiu evitar o contato da mãe com a criança e assim começaram a notar uma grande recuperação.

Depois das suspeitas, a mãe se entregou à polícia confessando seus crimes. Ela já passou por julgamento e é considerada culpada, aguardando apenas a determinação da sentença. A menina está sob os cuidados do pai junto dos três irmãos, com uma grande melhora na saúde.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Nado News

Escrito por Nado News

Sou formado em Sistemas de Informação com pós-graduação em Gerenciamento de Projetos em T.I. Além de atuar como programador há 8 anos, trabalho também como redator há cerca de 3 anos, o que fez despertar uma nova paixão. Tanto que, atualmente, sou graduando em Letras - Português e Inglês. Escrevo sobre tudo o que envolve o mundo do entretenimento, além de falar sobre esportes e as principais notícias do dia a dia. Pode entrar em contato comigo através do e-mail [email protected] .