in

Craque revoluciona em Madrid por causa de Zidane

Liverpool FC
Publicidade

Florentino Pérez tem uma contratação entre mãos, que poderia virar a liga espanhola de cabeça para baixo. Especialmente em Madrid, quando vários rumores vão dando conta de uma possível transferência do Atlético de Madrid para o Real Madrid. O caso seria ainda mais controverso, porque esse jogador também já foi alvo do Barcelona e o próximo mercado promete ser bem intenso, na Espanha.  

Rejeitou Messi e o Barça   

Foi na temporada passada que tudo parecia estar acontecendo. O Barcelona iria pagar 100 milhões de euros por Antoine Griezmann, na maior transferência de sempre entre equipes da Espanha. Porém, o jogador francês rejeitou, supostamente para continuar sendo a estrela do Atlético.

É que no Barcelona, o grande protagonista é Leo Messi. Assim, o jogador pediu um aumento de salário e o Atlético aceitou. Griezmann está agora ganhando 23 milhões de euros por temporada, mas de acordo com o Diario Gol, o atacante francês já deu a conhecer que ele está disposto a perder dinheiro apenas para sair do Atlético. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade

O Barça seria novamente uma opção, mas não a primeira, até porque ele teve a oportunidade na temporada passada e rejeitou. Agora, poderia ser tarde. 

View this post on Instagram

C’est au fond ⚽️

A post shared by Antoine Griezmann (@antogriezmann) on

Griezmann prefere o Real Madrid   

Ainda para mais, porque agora o Real Madrid tem Zidane de regresso, um ídolo para o atacante. Os dois franceses são bons amigos, o que também poderia ajudar. O projeto galáctico que o Real está planejando também seria do interesse do craque, que continuaria vivendo na mesma cidade. 

Quanto a outras contratações, nomes como Pogba ou Mbappé são grandes amigos de Griezmann que, cada vez mais, quer fazer parte de um time que seja verdadeiramente candidato a ganhar títulos. E o francês até teria duas obsessões: a Liga dos Campeões e a Bola de Ouro.  

Para o Real Madrid, seria a contratação de um excelente atacante, que poderia custar qualquer coisa como 120 milhões de euros.

Publicidade
Publicidade
Publicidade