in

Sem acerto com Pato, Palmeiras define novo alvo para contratar

Cesar Greco / Fotoarena
Publicidade

Após alguns meses de conversas, o Palmeiras se irritou com o desfecho das negociações com o atacante Alexandre Pato, que acertou o seu futuro com o rival São Paulo. Agora, o Verdão terá que correr atrás de outro atacante, que já é um velho conhecido no Palmeiras.

Publicidade

Nessa quinta-feira (28), após ver Alexandre Pato optar por voltar ao São Paulo, a diretoria do Palmeiras definiu um novo alvo para o restante temporada. O técnico Luiz Felipe Scolari já escolheu o novo atacante, que deve chegar até o meio do ano.

Publicidade

Alexandre Mattos se irritou com as negociações de Pato. O diretor de futebol palmeirense chegou a falar palavrões para o pai do jogador no final das conversas.

O próximo alvo do Verdão será o atacante Keno, que atualmente está no Pyramids, do Egito. Em julho de 2018, o brasileiro deixou o Palmeiras quando foi vendido por R$ 38 milhões.

Publicidade

Keno chegou a ser procurado no início dessa temporada pelo Verdão, mas os valores assustaram o clube Alviverde, que agora procura novamente o atacante para voltar ao Palmeiras em 2019.

Alguns torcedores chegaram a comemorar nas redes sociais o anúncio do Alexandre Pato no São Paulo, segundo eles, foi melhor para o Palmeiras, que agora terá foco total em contratar o atacante Keno.

Pronto. Palmeiras pode voltar a seta pro Keno. Identificado com o clube, mais barato e muito mais jogador que Alexandre Pato”, escreveu um torcedor alviverde.

O São Paulo também procurou Keno e recebeu a notícia que ele tem preferência para acertar com o Palmeiras. Cruzeiro, Santos e Corinthians também procuraram o jogador, mas não tiveram sucesso.

Publicidade

Leia Também

Escrito por Bruno Avila

Escritor de futebol e política desde 2016, quando comecei o trabalho na Blasting News. Hoje migrei ao 1News e sou um dos escritores mais lidos do site.

Flamengo oficializa negociações e pode assumir o Maracanã

Famoso humorista é detido por posse ilegal de arma durante procura por grupo de extermínio