Sirene toca para avisar rompimento da barragem em Itabira e população corre desesperada

Leia também

Lima Duarte solta o verbo contra Regina Duarte e seu apoio a Bolsonaro: ‘Dançou’

Lima Duarte comentou sobre a demissão de Regina Duarte do cargo na Secretaria de Cultura no governo de Jair Bolsonaro.

Moro dá entrevista bombástica sobre Bolsonaro e joga tudo no ventilador; sem qualquer piedade

O ex-ministro Sergio Moro (Justiça e Segurança Pública) concedeu entrevista à revista americana Time e surpreendeu.

Coronavírus: casamentos pela internet já é realidade no Brasil e até a festa é virtual

Vários cartórios já começaram a realizar casamentos pela internet e se torna uma saída para muitos casais.

Coronavírus: Brasil tem mais de 20 mil mortes, supera 300 mil casos e clima é de medo

A Covid-19 segue fazendo vítimas por todo o país e os hospitais travam uma batalha contra a doença.
Russel
Sempre ligado a tudo que acontece no Brasil e no mundo, estou sempre trazendo as últimas notícias sobre o mundo dos famosos, reality shows, filmes, músicas, novelas e programas de televisão de um modo geral. Aqui você ficará sempre muito bem informado. Se quiser entrar em contato, fique à vontade: russelmy@yahoo.com.br
Publicidade

Os moradores de Itabira entraram em pânico na noite desta última quarta-feira, dia 27, quando as sirenes da Vale começaram a soar, avisando que a barragem havia rompido. O alerta emitido pelo ‘sistema Pontal’ deixou a população da cidade mineira desesperada, muitos não sabiam o que fazer e saíram correndo às pressas, perguntando aos vizinhos para onde deveriam correr.

Ninguém teve tempo para nada, as pessoas pegavam seus pertences pessoais e saíam de casa, buscando o ponto de encontro, algumas até passaram mal de tão nervosas. Pessoas em cadeiras de rodas eram empurradas por parentes, um tentava ajudar o outro para chegar o quanto antes a um local seguro.

Publicidade
Publicidade

Só que depois de um tempo viram que nada aconteceu e quando procuraram saber o que estava acontecendo, descobriram que foi ‘apenas’ um engano.

Publicidade

O acionamento em Itabira foi um erro técnico, portanto não há situação de emergência nessa localidade e nem necessidade de que as comunidades da região sejam evacuadas“, informou Rodrigo Chaves, gerente executivo de operações, avisando a todos os moradores que eles podiam voltar para casa, já que não houve alteração no nível de segurança das barragens na cidade.

Publicidade

Mais tarde a mineradora divulgou uma nota informando que houve um ‘desacerto técnico’ e que o problema já foi resolvido.

Para os moradores da cidade mineira, ficou claro que eles estão vivendo com um risco iminente e que a qualquer momento as sirenes poderão voltar a soarem e que tudo será real, ou seja, eles terão que correr para salvar a vida, mas perderão todos seus pertences e também os imóveis.