in

Você sabia que chocolate contém grande quantidade de pedaços de baratas mortas?

Reprodução: iStock by Getty Images

Para os amantes de chocolate, os famosos “chocólatras”, uma conclusão nada apetitosa da Food and Drugs Administration (FDA), órgão de fiscalização de alimentos e medicamentos dos Estados Unidos, pode tirar o desejo de muita gente.

Uma barra de chocolate pode ter, aproximadamente, oito partículas de baratas. Isso mesmo, baratas! Esse inseto tão asqueroso e repugnante, que muitas pessoas sentem pavor só de chegar perto.

A contaminação, ao contrário do que possa parecer, não ocorre no momento da fabricação, mas sim nos processos de armazenamento e logística do chocolate.

A informação foi publicada por uma reportagem da ABCNews, repassada pelo pela revista Super Interessante, da Abril.

Os estudos concluíram ainda que, muito provavelmente, alguns sintomas decorrentes do consumo do chocolate, tais como coceiras e irritações, sejam resultado desses fragmentos de baratas que acabam por se juntar ao doce.

Embora seja aceitável, há um limite para a quantidade de baratas no chocolate. Para cada 100 gramas do produto, é estabelecido o nível máximo de 60 pedaços do inseto.

Para os que se sintam inconformados com essa notícia, pretendendo excluir totalmente o chocolate de sua vida, uma informação nada animadora foi passada pelo alergista estadunidense Morton M. Teich, para o portal.

De acordo com ele, praticamente todos os alimentos estão sujeitos a contaminações, ainda que em níveis aceitáveis, de insetos, tais como frutas e queijos.

Diante disso, para quem busca se livrar de qualquer tipo de resquícios de insetos em seus alimentos, só existiria uma saída: parar de comer, o que certamente levará a morte!

Leia Também

Escrito por Henrique

Henrique Furtado é um redator que gosta de ocupar o seu tempo livre lendo notícias, e noticiando aquilo que acha mais interessante.

Bomba! Famoso assume casamento com prefeito paulista e comove ao falar do preconceito

Alerta: chuvas concentradas no Centro-Norte do país e ciclone Iba pode gerar transtorno