in

Militantes cercam parlamento na Venezuela e atacam carro de Juan Guaidó

G1/ Montagem Rômulo Nogueira
Publicidade

Nesta terça-feira (26), um grupo de pessoas armadas cercou a Assembleia Nacional da Venezuela, segundo informações passadas pela imprensa venezuelana.

Publicidade

De acordo com a publicação do jornal ‘El Nacional’, militantes favoráveis ao regime do atual presidente Nicolás Maduro atiraram vários artefatos explosivos contra o carro de Juan Guaidó.

Publicidade

Para quem não sabe, o parlamentar se autoproclamou presidente interino da Venezuela, e acabou causando uma enorme revolução no país. Mesmo com os ataques, a publicação garantiu que ele não foi ferido.

A TV Venezuela divulgou um vídeo através de sua conta oficial no Twitter, mostrando o exato momento, em que deputados são quase agredidos por militantes, no momento em que tentavam sair do prédio depois de uma sessão.

Publicidade

No vídeo, não fica claro se os ataques se referem ao presidente autoproclamado, Juan Guaidó, ou se é a outro parlamentar. Além disso, os jornalistas também acabaram sofrendo retalhação.

Segundo o Sindicato Nacional de Trabalhadores da Imprensa da Venezuela (SNTP), um grupo de pelo menos 10 jornalistas, foram impedidos de sair de dentro do prédio do parlamento venezuelano. Somente depois de passadas mais de uma hora e meia, é que eles conseguiram se ver livres do “cárcere”.

Conforme relatado pela entidade, um grupo atacou um carro das equipes de reportagens do local. O SNTP, revelou ainda, que alguns criminosos que estavam envolvidos no meio de toda a confusão, chegaram a fazer o roubo de um dos veículos que pertencia aos jornalistas.

Publicidade

Leia Também

Escrito por Rômulo NC

Ator, youtuber e redator, Rômulo N.C é formado pela casa de artes cênicas Recriarte e sempre atuou como escritor de diversos sites.

Mãe de Salah envia recado após foto do filho com uma mulher viralizar

Michelle Bolsonaro faz revelação sobre facada no marido, após sessão de cinema; confira