in

Lula estaria preparando festa em sítio para comemorar prisão domiciliar

Divulgação / Veja
Publicidade

O ex-presidente da República, Michel Temer, deixou a prisão após ter sido detido preventivamente pela Operação Lava Jato, no Rio de Janeiro. A soltura de Temer foi bem simples para os seus advogados resolverem e apenas um habeas corpus o retirou.

Já no caso do ex-presidente Lula, diferente de Temer, ele já é condenado em segunda instância por dois crimes. Temer nem réu era; e sua prisão foi pedida, preventivamente, após delações.

Lula, mesmo já condenado, estaria vivendo a esperança de uma prisão domiciliar nas próximas semanas. A defesa do ex-presidente, segundo o Estadão, teria apresentado novos recursos ao STJ (Superior Tribunal de Justiça) e a expectativa se tornou grande entre os petistas.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Uma obra teria sido autorizada pela Prefeitura de São Bernardo do Campo, no estado de São Paulo, para que a família de Lula realizasse reformas no sítio da família, com intenção de fazer uma festa ao recebê-lo.

O regime menos rigoroso, que seria domiciliar, precisará da autorização da Justiça. A condenação de Lula foi dada pelo ex-juiz federal Sérgio Moro, atual ministro da Justiça.

Nas eleições de 2018, o grande objetivo de Lula era se candidatar, tanto que ele foi tido como candidato do PT, mesmo que preso. Ao meio das eleições, Lula desistiu de afrontar a Justiça Eleitoral e assumiu apoio a Fernando Haddad, que cresceu muito, deixou Ciro Gomes e Marina Silva para trás, mas acabou perdendo para o atual presidente Jair Messias Bolsonaro, que foi eleito com 56% dos votos válidos no segundo turno.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Bruno Avila

Escrito por Bruno Avila

Redator de futebol, política e famosos desde 2016. Hoje um dos redatores mais lidos do 1News Brasil. Fique à vontade para falar comigo: [email protected]