in

Sobrevivente de incêndio tatua homenagem aos ex-companheiros que morreram

Foto: Reprodução / Instagram - Dyogo
Publicidade

O incêndio no Ninho do Urubu não deixa de ser assunto no Flamengo, a tragédia conscientizou diversas pessoas no mundo inteiro. O incêndio atingiu o alojamento da base do Flamengo em fevereiro, onde morreram 10 jovens e ficaram três feridos.

O acidente foi considerado uma das maiores tragédias da história do futebol brasileiro e mundial. O incêndio no Ninho do Urubu atingiu muitas pessoas além das vítimas, as famílias e os amigos dos garotos, que sofrem com as perdas a todo momento.

Desde o acontecido, as vítimas receberam diversas homenagens vindas do mundo inteiro. Dessa vez, a homenagem veio de um dos três sobreviventes do incêndio, que fizeram uma tatuagem aos dez meninos que foram vítimas do Ninho do Urubu.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

O goleiro Francisco Dyogo tatuou a data do incidente, 08/02/2019 e a frase “Garotos do Ninho”. O jovem atleta fez uma publicação em seu perfil no Instagram para anunciar seu novo desenho: “Jamais serão esquecidos, sempre levarei vocês comigo!”, escreveu na legenda da foto.

O goleiro Francisco Dyogo e o atacante Cauan Emanuel, outro ferido no incêndio, começaram a deixar o Rio de Janeiro, por conta da falta de alojamento no Centro de Treinamento do Flamengo.

Francisco Dyogo já saiu do hotel onde estava hospedado com a família e tem destino para Fortaleza. Já o atleta Cauan Emanuel irá fazer o mesmo trajeto, mas apenas na quarta-feira (27).

A decisão dos jovens não treinarem veio do Ministério Público do Estado, que se pronunciou sobre o caso e orientou o acompanhamento dos responsáveis com os jovens.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Bruno Avila

Escrito por Bruno Avila

Redator de futebol, política e famosos desde 2016. Hoje um dos redatores mais lidos do 1News Brasil. Fique à vontade para falar comigo: [email protected]