in

Bebê de seis meses leva várias mordidas em creche, e caso vai parar na polícia

G1/ Montagem Rômulo Nogueira
Publicidade

Um bebê com seis meses de vida foi mordido mais de dez vezes seguidas por um coleguinha da creche onde estuda. O aluno que cometeu o ato é mais velho, tem 2 anos. O caso aconteceu em uma creche de Piracanjuba, na região central de Goiás, nesta quinta-feira (21).

Os pais da criança se revoltaram ao ver os ferimentos do filho. Além do rosto, também havia marcas nos braços e nas mãos. Os dois foram até a delegacia para registrar o caso. Agora, os agentes seguem fazendo uma investigação sobre o caso.

A Prefeitura de Piracanjuba também se pronunciou em relação ao caso, através de uma reportagem por telefone, feita pela TV Anhanguera, afiliada da Rede Globo no estado. Eles informaram que o fato está sendo investigado e que já estão tomando as providências para que não ocorra novamente.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

A mãe da criança também concedeu uma entrevista, relatando o que sentiu ao ver o filho todo machucado. Segundo ela, há um sentimento de revolta por deixarem ter acontecido isso com seu bebê. A mãe ainda se coloca no lugar da criança, pensando tudo que ela sofreu na hora que o coleguinha deu as mordidas.

Segundo a direção da creche onde estudam as crianças, o bebê estava dormindo na hora em que o colega deu as mordidas. A criança machucada foi submetida ao teste de corpo de delito e o delegado responsável pelo caso, Leilton Barros, intimou os envolvidos para prestar esclarecimentos.

Com medo de que possa se repetir, a família já solicitou a transferência do pequeno, além de acompanhamento do Conselho Tutelar, para que o bebê não fique com traumas de conviver com outras crianças.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Rômulo NC

Escrito por Rômulo NC

Ator, youtuber e redator, Rômulo N.C é formado pela casa de artes cênicas Recriarte e sempre atuou como escritor de diversos sites.