in

Temer tem ar-condicionado, frigobar e mais alguns benefícios na prisão

Rádio Bom Sucesso
Publicidade

O ex-presidente da República, Michel Temer, foi preso pela Operação Lava Jato e, de São Paulo, foi transferido para Superintendência da Polícia Federal no Rio de Janeiro. Lá, Temer ficou preso e passou a sua primeira noite na prisão.

Publicidade

Tudo indica que o ex-presidente prestará depoimento nesta sexta-feira, até o fim do dia. Moreira Franco, ex-ministro que foi preso na mesma fase de Temer, foi preso nas proximidades do Aeroporto Tom Jobim e ficará detido na mesma unidade que está o ex-governador Luiz Fernando Pezão.

Publicidade

Inicialmente, o juiz Marcelo Bretas pediu para que Michel Temer ficasse na mesma unidade de Moreira Franco. Utilizando da justificativa de que Temer teria que ter os mesmo direitos que tem Lula em Curitiba, porém foi negado e ele ficou no Rio de Janeiro.

A sala onde Temer passou sua noite é confortável, tendo um ar-condicionado  e também um frigobar. Temer está em uma das poucas salas do edifício que contém um banheiro privativo. O local tem cerca de 20 m² e será instalada uma TV nos próximos dias.

Publicidade

No entanto, Temer aguarda para depor e responde a outros 9 inquéritos, além do que ele foi preso. Segundo o inquérito que o prendeu agora, Temer teria liderado uma organização criminosa para desvios de dinheiro público que já estaria atuando há 40 anos no Rio de Janeiro.

O Ministério Público Federal (MPF) fez uma conta e afirmou que a soma dos valores de propinas recebidas ou prometidos ao suposto grupo comandado pelo ex-presidente Michel Temer ultrapassaria o valor de R$ 1,8 bilhão. Vale ressaltar que, antes de ser presidente, Michel foi vice de Dilma Rousseff e somente entrou por conta do impeachment.

Publicidade

Leia Também

Escrito por Bruno Avila

Escritor de futebol e política desde 2016, quando comecei o trabalho na Blasting News. Hoje migrei ao 1News e sou um dos escritores mais lidos do site.

Conheça o suco que ajuda no tratamento de inflamações e alivia a dor muscular

Gravidez de mulher baixinha é diferente; entenda o que diz o estudo