in

População comemora prisão do ex-presidente Michel Temer na internet

Divulgação
Publicidade

A operação Lava Jato prendeu, na manhã de hoje (21), Michel Temer, ex-presidente da República. Os agentes seguem tentando cumprir os mandados expedidos pelo juiz Marcelo Bretas, da 7° Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro, contra Moreira Franco, ex-ministro de Minas e Energia.

Desde ontem (20), a Polícia Federal (PF) tentava rastrear e confirmar a localização de Temer, o que ocorreu somente hoje. O G1 tentou entrar e contato com a defesa de Temer, mas até as 11h25 os advogados não haviam atendido a ligação. Ainda não se sabe ao certo quais processos se referem aos mandados contra o ex-presidente e Moreira Franco.

Temer responde a dez inquéritos, metade deles tramitavam no Supremo Tribunal Federal (STF), pois foram abertos na época em que ele era o presidente da República e foram encaminhados à primeira instância após ter deixado o cargo. Já os outros 5 foram autorizados pelo ministro Luís Roberto Barroso em 2019, quando Temer já não fazia mais parte do foro privilegiado.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Nas redes sociais, a notícia sobre a prisão de Temer se transformou em um dos assuntos mais comentados e ‘comemorados’ pelos internautas.

A notícia da prisão de prisão de Temer já se espalhou pela internet, e muitos internautas ‘comemoraram’. Na página oficial do G1, a notícia sobre a prisão de Temer postada rendeu, em menos de uma hora, 37 mil curtidas.  “Maravilha!!!! Isso é fruto de um governo honesto! Parabéns aos que estão fazendo um Brasil melhor!!!!!”, escreveu um internauta, elogiando o ‘novo Governo’. ”Adorei, estava ansiosa para ler esta notícia, a quantos anos de corrupção e sempre estar com foro privilegiado, agora acabou espero que o Gilmar não entre em campo”, escreveu outra internauta.

Vale ressaltar que Michel Temer foi o 37º presidente da República do Brasil. Ele assumiu o cargo em agosto de 2016, após o impeachment de Dilma Rousseff, e acabou ficando até o final do mandato petista.

Publicidade
Publicidade
Publicidade