in

Chamado de ‘copia e cola’, Moro responde Maia de forma educada

Mateus Bonomi/Agif/Folhapress
Publicidade

O ministro da Justiça e ex-juiz federal Sérgio Moro, foi convocado pelo presidente da Câmara dos deputados, Rodrigo Maia, pois é ele quem viabiliza para que os projetos vão à votação entre os deputados.

Sérgio Moro lançou o projeto anti-crime e pediu para que Maia o colocasse em votação na Câmara. Entretanto, após uma reunião com o ministro e cobrado por jornalistas, o deputado respondeu que Moro ‘confundiu as bolas’ e que fez um projeto ‘copia e cola’ de um outro já existente.

Rodrigo Maia falou que Moro é um funcionário do Bolsonaro e que, se quisesse o projeto em votação na Câmara, o próprio presidente da República teria que ir conversar com ele, e não o ministro da Justiça.

Publicidade

No entanto, Moro respondeu, sem rebater críticas e de forma totalmente educada. Leia parte da nota do ministro da Justiça:

Publicidade

Sobre as declarações do Presidente da Câmara, Rodrigo Maia, esclareço que apresentei um projeto de lei inovador contra crime organizado, contra crimes violentos e corrupção… Talvez alguns entendam que o combate ao crime pode ser adiado indefinidamente, mas o povo brasileiro não aguenta mais.”

Após isso, Maia ainda não se pronunciou sobre o assunto e, provavelmente, uma nova conversa para aprovar o pacote anti-crime deve acontecer. Contudo, o presidente da Câmara havia afirmado que o pacote só deve entrar em votação após a previdência. 

Quando se referiu ao projeto de Moro ser uma ‘cópia’, Maia estava falando do projeto do ministro Alexandre de Moraes. As declarações soaram como ofensa e geraram muitas polêmicas nas redes sociais.

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade
Bruno Avila

Escrito por Bruno Avila

Redator de futebol, política e famosos desde 2016. Hoje um dos redatores mais lidos do 1News Brasil. Fique à vontade para falar comigo: brunoavilaprof@outlook.com