in

Em sua primeira fala pública nos EUA, Bolsonaro ataca PT e faz piada com homofobia

bjsempre.com
Publicidade

Ontem (18) o atual presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, havia assinado um decreto para dispensar o visto de visita para turistas de quatro países. Bolsonaro está em uma visita oficial aos Estados Unidos e, após uma reunião com Donald Trump, o decreto foi assinado.

Bolsonaro ainda realizou sua primeira fala pública em Washington desde que chegou aos Estados Unidos, dizendo que a economia do Brasil estará aberta a negociações com todos os país, em especial os Estados Unidos. Além de realizar o discurso, Bolsonaro assinou o acordo de salvaguarda tecnológica que irá permitir o lançamento de satélites com componentes americanos na Base de Alcântara e outros dois atos.

O tópico de valores morais e políticos tomou grande parte do discurso. Bolsonaro atrelou o fato de ter ganhado as eleições a um milagre, declarando que sofreu com supostos ‘ataques’ por parte da mídia durante dois anos antes das eleições; ele ainda afirmou que no presente momento está sofrendo com ‘fake news’.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

O presidente do Brasil não perdeu a chance para falar sobre o Governo anterior. “O povo cansou-se da velha política, cansou-se daquela política do toma lá, dá cá, das negociações. E do péssimo exemplo dos governos do PT materializados nas pessoas de Lula e Dilma Rousseff. Governos que, antes de tudo, eram antiamericanos“, declarou Bolsonaro.

O presidente, na oportunidade, citou sua admiração pelo ex-presidente americano Ronald Reagan, que disse “o povo é quem tem de conduzir o Estado, e não o contrário“. Posteriormente ele falou sobre o momento que conheceu o ministro da Economia, Paulo Guedes, dizendo “basicamente um amor à primeira vista”. Logo em seguida ele completou “Na questão econômica, obviamente”. A plateia deu risada, Bolsonaro com tom de risos então disse “Não sou homofóbico não”.

Publicidade
Publicidade
Publicidade