in

Baleado em massacre de Suzano volta à escola e relembra pesadelo: ‘Me puxou pelo casaco’

Publicidade

Um dos estudantes que esteve presente e foi atingindo pelo massacre da escola Raul Brasil, Leonardo Vinicius Santana, de 16 anos, reviveu os passos que deu durante o episódio nesta segunda-feira (18).

Baleado durante o massacre, o rapaz teve alta e foi até a escola para buscar o material didático, que havia deixado para trás no dia do tiroteio.

Leonardo contou que ainda não sabe se vai querer continuar estudando no colégio, mas deixou claro que não vai desistir de seus sonhos.

Publicidade

Leonardo faz parte do grupo de 11 alunos que foram feridos durante o tiroteio na escola Raul Brasil, na última quarta-feira (13). Oito vítimas foram mortas, entre alunos e funcionários, mas quatro ainda continuam internadas.

Publicidade

Durante sua visita à escola, o jovem relatou os momentos de pânico e tensão que teve. Ele estava próximo ao Centro de Estudos de Línguas (CEL) com a namorada, quando começou o tumulto. Leonardo relatou que ficou frente a frente com os dois assassinos.

Logo no início ele relata sobre o amigo atingido, e em seguida fala do milagre de escapar da morte.

Segundo o estudante, todos começaram a correr em direção ao muro, ele ajudou a namorada a pular, mas quando chegou na sua vez, um dos assassinos já estava ao seu lado, atirando em um dos colegas. Em seguida ele revela os segundos de terror que viveu: “Eu acho que aí acertou em mim. Eu então corri e dei de cara com o outro. Ele me puxa, eu estava de jaqueta cinza, mas aí eu consigo me soltar dele e sair correndo”.

Ao conseguir escapar, Leonardo encontrou ajuda na casa de uma moradora, que o tentou ajudar avisando para a mãe do garoto o que tinha acontecido. Na última segunda (18), ele retornou ao hospital para trocar os curativos e fazer a fisioterapia.

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade
Rômulo NC

Escrito por Rômulo NC

Ator, youtuber e redator, Rômulo N.C é formado pela casa de artes cênicas Recriarte e sempre atuou como escritor de diversos sites.