in

Palmeiras anuncia uma das maiores vendas da história para a Europa

Foto: GABRIELA BILó/ESTADÃO CONTEÚDO
Publicidade

O Palmeiras sempre foi um clube conhecido por contratar diversos jogadores de qualidade para disputar os campeonatos em que participa, mas além de se reforçar o Verdão aprendeu a vender os atletas para fora com altos valores no mercado do futebol.

Semana passada o Palmeiras acertou a venda do lateral-esquerdo Luan Cândido, que entrou para a lista das 5 maiores vendas da história do Verdão. Segundo o diretor de futebol Alexandre Mattos, os clubes já acertaram, mas faltam apenas alguns detalhes para concretizar a transferência do jovem atleta.

Se fizer exame, assinar e tudo der certo, o menino será a terceira maior venda da história do Palmeiras. Tomara que dê muito certo, porque é um menino do bem, e o Palmeiras vai ganhar dinheiro mais lá na frente”, disse Mattos.

Publicidade

A venda do lateral-esquerdo Luan Cândido irá render aos cofres do Palmeiras 8 milhões de euros à vista e mais 2 milhões de euros após o atleta completar cinco jogos pelo clube alemão.

Publicidade

Só no acerto entre Palmeiras e Red Bull, o Verdão receberá cerca de R$ 40 milhões. Além disso, o clube alemão irá manter um percentual de 15% de uma futura transferência.

Confira a lista de maiores vendas da história do Palmeiras

O primeiro na lista é a joia palmeirense, Gabriel Jesus, que foi vendido ao Manchester City em 2016 por 32 milhões de euros.

Rivaldo vem logo em seguida, onde era dono do posto de maior venda da história até 2016. O meia-atacante teve destino ao Deportivo La Coruña, em 1996 por 12 milhões de euros.

Yerry Mina foi vendido ao Barcelona em 2018 por 11,8 milhões de euros; Flávio Conceição ao Deportivo La Coruña em 1996 por 11 milhões de euros.

Luan Cândido ao RB Leipzig em 2019 por 10 milhões de euros; Keno na temporada passada ao Pyramids, por 8,6 milhões de euros.

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade
Bruno Avila

Escrito por Bruno Avila

Redator de futebol, política e famosos desde 2016. Hoje um dos redatores mais lidos do 1News Brasil. Fique à vontade para falar comigo: brunoavilaprof@outlook.com