in

Descubra 7 benefícios incríveis da folha de louro queimada, do chá e da infusão

Site Dicas Online
Publicidade

O louro, planta de origem mediterrânea, cresce em uma árvore, de médio porte, suas folhas são popularmente utilizadas na culinária para dar sabor aos alimentos. Essa planta sobreviveu ao teste do tempo, pois ela é muito antiga.

Desde a antiguidade, era utilizada pelos gregos e romanos em processos de purificação e ainda são utilizadas para esse fim até os dias de hoje na cultura oriental. Pessoas holísticas, por exemplo, usam as folhas do louro como ervas purificadoras, para defumar ambientes e liberá-los de energias negativas, cheiros ruins, mas não para por ai.

A fumaça do louro é medicinal, quando inalada acalma a mente, relaxa os músculos e controla a ansiedade. Os orientais, os caribenhos, gregos e romanos, não abriam mão da defumação feita a partir das folhas secas do louro, é como queimar um incenso dentro de casa para limpar o ambiente e atrair bons fluidos.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Os indianos também são consumidores das folhas de louro, eles costumam fazer infusões que são consumidas como antidoto medicinal para tratar, prevenir e curar algumas doenças mais simples. E eles acreditam que o louro pode limpar e depurar todo o corpo de todas toxinas e fluidos negativos.

Na indústria cosmética, o louro é difusamente utilizado na confecção de shampoos, cremes, pomadas, hidratantes para o corpo, óleos essenciais para massagem. O que faz do louro uma planta assim requisitada, são suas propriedades terapêuticas e purificadoras.

Ele também apresenta propriedades diuréticas, desintoxicantes, adstringentes. Por essa razão, ele é também muito indicado para quem deseja perder peso. Muitas mulheres por exemplo, não conseguem controlar a ânsia e, infelizmente, engordam por conta da ansiedade, mas as que optarem por inalarem diariamente a fumaça do louro, terão um alivio imediato na ansiedade e provavelmente conseguiram manter o foco em uma dieta.

7 Benefícios extraordinários da folha de louro

1 – Fortalece o sistema imunológico. Suas propriedades medicinais fortalecem as defesas do organismo, ele é rico em vitaminas do grupo A e C; Ácido fólico
; Ácido pantotênico; niacina; riboflavina; minerais (selênio, zinco, potássio, selênio).

2 – Previne a diabetes do tipo 2 e ajuda no controle das taxas de glicose. Isso se deve ao fato de suas propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias. Pessoas que consomem o chá de louro diariamente, conseguem manter um equilibro na quantidade de glicose no sangue.

3 – Controla a ansiedade. A fumaça produzida da queima das folhas é rica em uma substância química chamada linalol, essa substância controla os níveis de estresses de sangue, aliviando a mente e o corpo, provocando grande sensação de bem estar e conforto.

4 – Estimula a respiração e previne crises de bronquite. Imergir as folhas de louro em água quente, vai fazer com elas exalem um perfume que limpa e purifica as vias respiratórias, liberando-as do catarro e do muco, contribuindo assim para uma respiração limpa e suave.

5 – Cérebro alerta. A fumaça produzida a partir da queima das folhas tem efeito calmante e sedativo para a mente e para o corpo, no entanto, graças aos compostos  químicos, como cineol e helicina liberados durante a queima, o cérebro é ativado e fica mais alerta a tudo que esta acontecendo em torno a pessoa, fator positivo para quem tem problemas de memória, por exemplo.

6 – Ajuda a emagrecer. Graças as suas propriedades calmantes e relaxantes e sua atuação no controle da ansiedade, consumir diariamente uma xícara de chá de louro, pode sim ajudar na perda do peso, visto que ele também atua no controle da compulsão alimentar.

7 – Alivia inflamações. As folhas de louro são ricas em eugenol, uma substância anti-inflamatória que ajuda no tratamento de pequenos infecções. Ele também alivia cólicas, dores no estômago e ajuda a eliminar flatulências. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Priscilla Rodighiero

Escrito por Priscilla Rodighiero

Formada em Pedagogia pela Universidade Estadual de Maringá, amante da escrita e do conhecimento, redatora de profissão, poetiza e escritora, mãe, esposa e serva do Senhor.