in

Barça tenta reforço de peso, mas ‘Messi nem o quer ver’

Youtube
Publicidade

A Juventus viveu uma semana muito especial. Pela primeira vez na sua história, a equipe italiana conseguiu virar uma eliminatória, depois de um 2 a 0 na ida. Tudo isso aconteceu, quando Cristiano Ronaldo fez um hat-trick contra o Atlético de Madrid, classificando a Juve para as quartas de final da Champions. Esse resultado significou um bálsamo gigante na temporada dos italianos, que vivem um momento de grande euforia.

Dybala com temporada difícil

Esse domingo, o time até perdeu para a liga italiana, mas nada que abale o momento. Afinal, a Juve lidera com muito conforto o campeonato e aproveitou até para dar descanso a algumas de suas principais figuras nesse jogo, contra o Gênova. Quem foi novamente chamado para o ataque foi Paulo Dybala, que começou de início, mas não convenceu. 

O jogador argentino está fazendo uma temporada bem abaixo de seu nível habitual e o jogador estaria muito desagradado com sua situação de reserva. Com a chegada de Cristiano Ronaldo na Juve, Dybala perdeu seu protagonismo e passou de ser a grande estrela do time, para se tornar cativo no banco de reservas, em muitos encontros. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Esse domingo, o craque jogou de início, mas a Juve terminou sem fazer um chute no gol, o que pode complicar mais ainda a situação do argentino, que estaria cada vez mais decidido em deixar Turim. Aliás, de acordo com o site Don Balón, seu agente até estaria oferecendo o jogador para vários grandes nomes europeus. E o Barcelona é um dos primeiros clubes para os quais Dybala foi oferecido. 

Messi não estaria entusiasmado com reforço

O time estaria pensando na possibilidade e até já saberia o preço do jogador, que deverá rondar os 100 milhões de euros. No entanto, o jogador não teria a aprovação de todos no Barça. É que segundo o Don Balón, Messi não quer Dybala como seu companheiro de equipe.  

Ambos os jogadores tiveram um conhecido desentendimento na seleção argentina, quando umas palavras de Dybala teriam sido mal interpretadas. O argentino revelou que era muito difícil jogar com Messi, porque eles jogavam na mesma posição, quase culpando Messi por não jogar mais.

No entanto, Messi sempre tentou passar ao lado dessas declarações e a verdade é que agora na Juventus, Dybala vive a mesma situação, mas com Ronaldo, com o jogador mostrando dificuldades em encontrar espaço quando tem uma grande estrela de companheiro. Sem espaço junto a ele, parece que não será Messi quem vai abrir uma porta para Dybala. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade