in

5 perguntas para fazer ao médico antes da cirurgia plástica

Reprodução/Blog-sicoob
Publicidade

Diante de tantos casos de charlatões que se passam por médicos e operam pessoas levando-as à óbito, é natural que as pessoas fiquem receosas quanto a qualquer tipo de cirurgia plástica. Sabe-se também que realizar mudanças no corpo para se sentir mais bonito(a) é o sonho de muita gente.

Pensando nisso, confira 5 perguntas que precisam ser feitas antes de passar pelo bisturi. 

1- Você tem capacitação para realizar cirurgias plásticas?

Parece pesado perguntar isso a alguém, mas é importantíssimo que isso seja feito. Lembre-se que é sua vida que está em jogo.

Um médico cirurgião plástico necessariamente precisa passar seis anos em um curso de formação de medicina, depois disso ele faz 2 anos de especialização em cirurgia geral e mais três anos de formação em cirurgia plástica, não é qualquer um que passou pelo processo, por isso pesquise.  

Publicidade
Publicidade
Publicidade

2- Estou pronto para fazer a cirurgia plástica?

Uma insatisfação com o corpo não pode ser o único critério avaliado antes da operação. Exames médicos para saber seu quadro clínico, cardiológicos para saber os batimentos e avaliação psicológica para saber suas expectativas são indispensáveis antes da cirurgia. 

3- Quais riscos corro com essa cirurgia?

Essa pergunta é de extrema importância, pois através da avaliação do seu médico você poderá colocar na balança os riscos. Lembrando que cada operação é de um jeito, mas o índice de coisas que podem acontecer te norteia diante de alguma dúvida. 

4- Como será minha recuperação?

É importante você saber como é a recuperação da cirurgia que pretende fazer. Quanto tempo vai precisar ficar de repouso e em quanto tempo os resultados ficarão visíveis. Sabendo essas coisas você consegue se programar para os imprevistos que possam ocorrer.  

5- Quais serão meus gastos com o procedimento?

Uma cirurgia plástica feita com bom profissional pode ser cara. Cada médico cobra de acordo com o que considera justo, por isso, informe-se de todos os gastos que serão necessários, não apenas o do médico, mas da internação, da equipe, do anestesista e esteja preparada para qualquer eventualidade que possa aumentar os custos da operação.

Lembre também de perguntar a ele se você precisará de algum cuidado especial na recuperação e como deverá ser sua alimentação. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Tatiane Braz

Escrito por Tatiane Braz

Estudante, escritora e apaixonada pela verdade, tenho como meta levar a notícia de forma clara e real. Amo ler e percebo a cada dia que um mundo melhor se faz quando o conhecimento que adquirimos é colocado em prática.