in

Show de Sandy & Júnior tira Palmeiras do Allianz Parque

Frascisco Cepeda/Agnews

O Palmeiras inaugurou seu novo estádio em 2014, com parceria junto à construtora WTorre, que foi responsável pelas obras do antigo Palestra Itália. O clube Alviverde não gastou 1 centavo pela reforma do mais novo Allianz Parque, mas o problema é que em algumas partidas o Verdão não pode contar com seu novo estádio.

O contrato com a WTorre, iniciado em 2014, tem duração de 30 anos. A empreiteira fechou parceria com o Palmeiras onde pagaria toda a reforma do estádio, porém, avisou que faria shows no Allianz Parque e isso poderia atrapalhar o clube em algumas partidas.

É o que vai acontecer novamente este ano, a turnê de retorno da dupla Sandy e Junior vai mexer com a programação do Palmeiras para os jogos da temporada.

A apresentação da dupla no Allianz Parque será no dia 24 de agosto, mesmo fim de semana em que o Palmeiras tem um compromisso contra o Fluminense pelo Campeonato Brasileiro.

Com o estádio reservado para o show, o Palmeiras terá de procurar outro local para mandar a partida. Nas últimas ocasiões, o Pacaembu foi o escolhido, mas o estádio municipal tem sido ocupado por outras equipes, como Santos e São Paulo. As duas equipes estão reformando suas casas, Vila Belmiro e Morumbi, por isso o Verdão deve correr para reservar o Pacaembu quanto antes.

O lado bom é que o Palmeiras recebe 20% da renda líquida dos shows, para compensar o dinheiro perdido pelo Verdão nos jogos em que o clube não manda em seu estádio. O Palmeiras ganhou ao menos R$ 122 milhões líquidos com bilheteria no período entre novembro de 2014 e novembro 2017. Sem contar com a temporada de 2018 que ainda não foi divulgada.

Leia Também

Escrito por Bruno Avila

Escritor de futebol e política desde 2016, quando comecei o trabalho na Blasting News. Hoje migrei ao 1News e sou um dos escritores mais lidos do site.

Next post

Aposentado parou de fumar e usou o dinheiro do cigarro para investir em viagens

Dois bancos disputam patrocínio máster no Flamengo