in

Aposentado parou de fumar e usou o dinheiro do cigarro para investir em viagens

Giselle Ulbrich

Fumar faz mal à saúde. É um fato comprovado por mais de diversos médicos e cientistas e suas palavras em relação aos perigos que o cigarro pode causar ao corpo humano dão certo, pois muita gente está parando com o vício ou reduzindo a hora de fumar.

Fumar é um dos grandes vícios que assombram os brasileiros, perdendo apenas para o alcoolismo. Muitos médicos falam sobre os prejuízos que um maço de cigarro pode fazer ao corpo humano, no entanto, parar com esse vício é mais complicado.

Se muitos faltam disciplina ou motivação para largar o cigarro de vez, essa história irá animar aqueles que desejam pôr um fim na hora de fumar. Um comerciante cearense parou de fumar e juntou dinheiro que era originalmente para o cigarro e investiu em viagens. No total o homem tem cerca de R$30 mil.

Essa transformação deixou toda a família completamente orgulhosa, pois é possível ver os efeitos negativos do cigarro deixando o corpo do homem em melhores condições. De acordo com o filho do comerciante, Rodrigo Veloso, ele deu essa declaração sobre a nova fase do pai “Agora, ele tem uma qualidade de vida bem melhor. Ele está fazendo uma atividade física e procurando se alimentar. Isso só traz o melhor para ele e para os amigos”.

O homem juntou muito dinheiro e usa para fazer viagens no fim de semana, e já visitou lugares como a Serra Gaúcha, Chile, Uruguai e outras partes do Brasil. Isso foi possível com um bom planejamento financeiro e também por largar de vez com o cigarro. Ele até perdeu 20 quilos e ganhou uma qualidade de vida excelente.

Segundo o Ministério da Saúde, muitas pessoas na faixa de 18 anos começam a fumar. O senhor aposentado não é um caso diferente, ele havia começado com os 18 anos. “Fiquei muito orgulhosa quando ele começou a juntar as moedinhas. Ele deu um cofrinho para cada filho e também nos incentivou a ajudar” declarou a filha do aposentado, Nilane Veloso.

Já fazem 7 anos que o aposentado largou esse vício e é visível como sua saúde melhorou bastante, perdeu peso, ganhou mais força e quando não está viajando em outros países da América Latina ou pelo próprio Brasil, é possível ver ele praticando esportes, um dos seus preferidos é andar de bicicleta.

Atualmente, o aposentado continua juntando dinheiro que costumava ser usado para comprar cigarro para fazer mais uma viagem. Ele não deu detalhes para onde, mas é mais um incentivo para não voltar ao vício e continuar no bom caminho. 

Leia Também

Comentarista avisa flamenguistas: ‘Rafinha é mesmo nível que Rodinei e Pará’

Show de Sandy & Júnior tira Palmeiras do Allianz Parque